Testemunhar ao mundo que Jesus é o Messias

 

VI SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do diaÓ Deus, que fizestes o vosso povo participar da vossa redenção, concedei que nos alegremos constantemente com a ressurreição do Senhor. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

 

Leitura (Atos 18,1-8)

Depois disso, saindo de Atenas, Paulo dirigiu-se a Corinto.
Encontrou ali um judeu chamado Áquila, natural do Ponto, e sua mulher Priscila. Eles pouco antes haviam chegado da Itália, por Cláudio ter decretado que todos os judeus saíssem de Roma. Paulo uniu-se a eles.
Como exercessem o mesmo ofício, morava e trabalhava com eles. (Eram fabricantes de tendas.)
Todos os sábados ele falava na sinagoga e procurava convencer os judeus e os gregos.
Quando Silas e Timóteo chegaram da Macedônia, Paulo dedicou-se inteiramente à pregação da palavra, dando aos judeus testemunho de que Jesus era o Messias.
Mas como esses contradissessem e o injuriassem, ele, sacudindo as vestes, disse-lhes: “O vosso sangue caia sobre a vossa cabeça! Tenho as mãos inocentes. Desde agora vou para o meio dos gentios”.
Saindo dali, entrou em casa de um prosélito, chamado Tício Justo, cuja casa era contígua à sinagoga.
Entretanto Crispo, o chefe da sinagoga, acreditou no Senhor com todos os da sua casa. Sabendo disso, muitos dos coríntios, ouvintes de Paulo, acreditaram e foram batizados.
Palavra do Senhor.
Salmo – 97/98
O Senhor fez conhecer seu poder salvador
perante as nações.

Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo
alcançaram-lhe a vitória.

O Senhor fez conhecer a salvação
e, às nações, sua justiça;
recordou o seu amor sempre fiel
pela casa de Israel.

Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.
Aclamai o Senhor Deus, ó terá inteira,
alegrai-vos e exultai!

 

 

 

Evangelho (João 16,16-20)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu não vos deixarei órfãos: eu irei, mas voltarei, e o vosso coração muito há de se alegrar (Jo 14,18).
Jesus disse: “Ainda um pouco de tempo, e já me não vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver, porque vou para junto do Pai”.
Nisso alguns dos seus discípulos perguntavam uns aos outros: “Que é isso que ele nos diz: ‘Ainda um pouco de tempo, e não me vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver?’ E que significa também: ‘Eu vou para o Pai?’”
Diziam então: “Que significa este pouco de tempo de que fala? Não sabemos o que ele quer dizer”.
Jesus notou que lho queriam perguntar e disse-lhes: “Perguntais uns aos outros acerca do que eu disse: ‘Ainda um pouco de tempo, e não me vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver’.
20 Em verdade, em verdade vos digo: haveis de lamentar e chorar, mas o mundo se há de alegrar. E haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza se há de transformar em alegria”.
Palavra da Salvação.
Testemunhar ao mundo que Jesus é o Messias
Mesmo em meio a muitas e muitas dúvidas acerca dos mistérios da presença de Cristo Jesus em nosso viver, precisamos aproveitar todo tempo possível para com Ele aprendermos ainda mais a missão de espalhar e expandir o anúncio do Reino de Deus. Sabemos que Jesus logo retornará ao Pai, para reafirmar todos os planos da nossa salvação. Entretanto, mesmo que um pouco desanimados, sem mais sua presença física, Ele continua a nos revigorar com a certeza de que seu Espírito Santo de vida, amor e cuidado será a continuidade de sua presença em nossa existência, daí Ele nos dizer que mesmo voltando ao Pai, nós, seus discípulos, logo o veremos e teremos a graça de com Ele(em Espírito), continuar o anúncio do Reino da vida.
Por isso, e por todo amor a nós doado, não percamos mais tempo algum e ou oportunidade nenhuma de assim como Paulo anunciar com o nosso testemunho diário de que Jesus Cristo é sim o Messias vindo do Pai, nosso irmão e salvador.
Boa quinta-feira para todos nós testemunhos do Cristo vivo.
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, que o meu testemunho de vida cristã seja tal, que as pessoas possam “ver” Jesus nas minhas palavras e nos meus gestos de amor ao próximo.

Em Deus é que temos vida

VI SEMANA DA PÁSCOA

Oração do diaÓ Deus, ao celebrarmos solenemente a ressurreição do vosso filho, concedei que nos alegremos com todos os santos quando ele vier na sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 17,15.22-18,1)

Os que conduziam Paulo levaram-no até Atenas. De lá voltaram e transmitiram para Silas e Timóteo a ordem de que fossem ter com ele o mais cedo possível.
Paulo, em pé no meio do Areópago, disse: “Homens de Atenas, em tudo vos vejo muitíssimo religiosos.
Percorrendo a cidade e considerando os monumentos do vosso culto, encontrei também um altar com esta inscrição: ‘A um Deus desconhecido’. O que adorais sem o conhecer, eu vo-lo anuncio!
O Deus, que fez o mundo e tudo o que nele há, é o Senhor do céu e da terra, e não habita em templos feitos por mãos humanas.
Nem é servido por mãos de homens, como se necessitasse de alguma coisa, porque é ele quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas.
Ele fez nascer de um só homem todo o gênero humano, para que habitasse sobre toda a face da terra. Fixou aos povos os tempos e os limites da sua habitação.
Tudo isso para que procurem a Deus e se esforcem por encontrá-lo como que às apalpadelas, pois na verdade ele não está longe de cada um de nós.
Porque é nele que temos a vida, o movimento e o ser, como até alguns dos vossos poetas disseram: Nós somos também de sua raça…
Se, pois, somos da raça de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro, à prata ou à pedra lavrada por arte e gênio dos homens.
Deus, porém, não levando em conta os tempos da ignorância, convida agora a todos os homens de todos os lugares a se arrependerem.
Porquanto fixou o dia em que há de julgar o mundo com justiça, pelo ministério de um homem que para isso destinou. Para todos deu como garantia disso o fato de tê-lo ressuscitado dentre os mortos”.
Quando o ouviram falar de ressurreição dos mortos, uns zombavam e outros diziam: “A respeito disso te ouviremos outra vez”.
Assim saiu Paulo do meio deles.
Todavia, alguns homens aderiram a ele e creram: entre eles, Dionísio, o areopagita, e uma mulher chamada Dâmaris; e com eles ainda outros.
Depois disso, saindo de Atenas, Paulo dirigiu-se a Corinto.
Palavra do Senhor.
Salmo – 148
Da vossa glória estão cheios o céu e a terra.

Louvai o Senhor Deus nos altos céus,
louvai-o no excelso firmamento!
Louvai-o, anjos seus, todos louvai-o,
louvai-o, legiões celestiais!

Reis da terra, povos todos, bendizei-o,
e vós, príncipes e todos os juízes;
e vós, jovens, e vós moças e rapazes,
anciãos e criancinhas, bendizei-o!

Louvem o nome do Senhor, louvem-no todos,
porque somente o seu nome é excelso!
A majestade e esplendor de sua glória
ultrapassam em grandeza o céu e a terra.

Ele exaltou seu povo eleito em poderio,
ele é o motivo de louvor para os seus santos.
é um hino para os filhos de Israel,
este povo que ele ama e lhe pertence.

Evangelho (João 16,12-15)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Rogarei ao meu Pai e ele há de enviar-vos um outro paráclito, que há de permanecer eternamente convosco (Jo 14,16).

Assim falou Jesus: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora.
Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão.
Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará.
Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso, disse: Há de receber do que é meu, e vo-lo anunciará”.
Palavra da Salvação.

Em Deus temos vida
A partir da vinda, vivência e permanência de Cristo em nosso meio, a esperança de vida plena nunca se acaba. Passamos muitas dificuldades e sofrimentos que muitas vezes provocam enfraquecimento de nossa fé. Entretanto, como seguidores de Jesus Cristo, vencedor da morte, somos também chamados constantemente com Ele a doar nosso viver para temos cada dia mais e mais vida, e vida com sentido.
Em Espírito de esperança Jesus continua a caminhar conosco, nos incentivando a anunciar o Deus de nossa fé, o Deus que move nossa vida, pois ainda hoje muitos ainda não o conhecem. Continuemos nossa vida missionária tal qual como Jesus e Paulo, que mesmo diante de muitas adversidades se propõe a levar para todo o mundo o conhecimento da existência do Deus de vida plena que vive em todos nós.
Boa quarta-feira a todos(as). Viver e evangelizar sempre.
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, que o Espírito me ensine toda a verdade e me revele as coisas que hão de vir, para que eu possa enveredar, com toda segurança, pelo caminho que é Jesus.

Motivados pelo Espírito da vida nova

VI SEMANA DA PÁSCOA 

Oração do diaÓ Deus, que o vosso povo sempre exulte pela sua renovação espiritual. alegrando-nos hoje porque adotados de novo como filhos de Deus, esperemos confiantes e alegres o dia da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 16,22-34)

O povo insurgiu-se contra eles. Os magistrados mandaram arrancar-lhes as vestes para açoitá-los com varas.
Depois de lhes terem feito muitas chagas, meteram-nos na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança.
Este, conforme a ordem recebida, meteu-os na prisão inferior e prendeu-lhes os pés ao cepo.
Pela meia-noite, Paulo e Silas rezavam e cantavam um hino a Deus, e os prisioneiros os escutavam.
Subitamente, sentiu-se um terremoto tão grande que se abalaram até os fundamentos do cárcere. Abriram-se logo todas as portas e soltaram-se as algemas de todos.
Acordou o carcereiro e, vendo abertas as portas do cárcere, supôs que os presos haviam fugido. Tirou da espada e queria matar-se.
Mas Paulo bradou em alta voz: “Não te faças nenhum mal, pois estamos todos aqui”.
Então o carcereiro pediu luz, entrou e lançou-se trêmulo aos pés de Paulo e Silas.
Depois os conduziu para fora e perguntou-lhes: “Senhores, que devo fazer para me salvar?”
Disseram-lhe: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família”.
Anunciaram-lhe a palavra de Deus, a ele e a todos os que estavam em sua casa.
Então, naquela mesma hora da noite, ele cuidou deles e lavou-lhes as chagas. Imediatamente foi batizado, ele e toda a sua família.
Em seguida, ele os fez subir para sua casa, pôs-lhes a mesa e alegrou-se com toda a sua casa por haver crido em Deus.
Palavra do Senhor.
Salmo – 137/138
Ó Senhor, me estendeis o vosso braço e me ajudais.

Ó Senhor, de coração eu vos dou graças,
porque ouvistes as palavras dos meus lábios1
Perante os vossos anjos vou cantar-vos
e ante o vosso templo vou prostrar-me.

Eu agradeço vosso amor, vossa verdade,
porque fizestes muito mais que prometestes;
naquele dia em que gritei, vós me escutastes
e aumentastes o vigor da minha alma.

Estendereis o vosso braço em meu auxílio
e havereis de me salvar com vossa destra.
Completai em mim a obra começada;
ó Senhor, vossa bondade é para sempre!
eu vos peço: não deixeis inacabada
esta obra que fizeram vossas mãos.

Evangelho (João 16,5-11)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu hei de enviar-vos o Espírito da verdade; ele vos conduzirá a toda a verdade (Jo 16,7.13).
Disse Jesus: “Agora vou para aquele que me enviou, e ninguém de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’
Mas porque vos falei assim, a tristeza encheu o vosso coração.
Entretanto, digo-vos a verdade: convém a vós que eu vá! Porque, se eu não for, o Paráclito não virá a vós; mas se eu for, vo-lo enviarei.
E, quando ele vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça e do juízo.
Convencerá o mundo a respeito do pecado, que consiste em não crer em mim.
Ele o convencerá a respeito da justiça, porque eu me vou para junto do meu Pai e vós já não me vereis;
ele o convencerá a respeito do juízo, que consiste em que o príncipe deste mundo já está julgado e condenado”.
Palavra da Salvação.
Motivados pelo Espírito da vida nova
É chegado já bem próximo um novo tempo. Um tempo de vivermos a graça da ressurreição não mais buscando sentir a luzes de vida nova advindas do túmulo vazio. É chegado a hora de nos prepararmos ainda mais para reafirmar nossa fé em Cristo Jesus e em seu plano de salvação. Para isso, precisamos reconhecer que devemos assumir nossa missão de testemunhas e continuadores do projeto de vida plena começado por Jesus. Ele por sua vez, se prepara para retornar em glória ao Pai, mas em Espírito de vida concreta continuará a nos guiar, a ser nosso defensor. Por isso, sejamos mais firmes na fé, pois para continuarmos nossa missão não precisamos querer ver Cristo em carne e osso para dizer que cremos, pois por vê-lo aos olhos da nossa fé, seguiremos sim sua proposta de vida.
Portanto, deixemos que o Espírito Santo de Deus nos ilumine na justiça, no amor, na fraternidade, na confiança e na misericórdia para não rejeitarmos Jesus. Busquemos assumir verdadeiramente nossa missão de vida em Cristo e nos lancemos no colo acolhedor do Espírito de vida e de dons que nos motivará a fortalecer e amadurecer nossa fé para que entendamos mais e mais o real sentido do processo salvífico de vida, morte e ressurreição que Jesus nos deixou para bem vivermos nossa fé aqui e agora.
Boa terça-feira missionários do ressuscitado.
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, concede-me o Espírito que me dá forças para enfrentar e vencer o mundo, e manter-me fiel a teu Filho Jesus.

Deixemos o Senhor da vida iluminar e abrir os caminhos de nossos corações

 

VI SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do diaConcedei, ó Deus, que vejamos frutificar em toda a nossa vida as graças do mistério pascal, que instruístes na vossa misericórdia. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 16,11-15)Embarcamos em Trôade e fomos diretamente à Samotrácia e no outro dia a Neápolis; e dali a Filipos, que é a cidade principal daquele distrito da Macedônia, uma colônia (romana). Nesta cidade nos detivemos por alguns dias. No sábado, saímos fora da porta para junto do rio, onde pensávamos haver lugar de oração. Aí nos assentamos e falávamos às mulheres que se haviam reunido.
Uma mulher, chamada Lídia, da cidade dos tiatirenos, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava. O Senhor abriu-lhe o coração, para atender às coisas que Paulo dizia.
Foi batizada juntamente com a sua família e fez-nos este pedido: Se julgais que tenho fé no Senhor, entrai em minha casa e ficai comigo. E obrigou-nos a isso.
Palavra do Senhor.
Salmo – 149
O Senhor ama seu povo de verdade.

Cantai ao Senhor Deus um canto novo
e o seu louvor na assembléia dos fiéis!
Alegre-se Israel em que o fez,
e Sião se rejubile no seu rei!Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!
Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.Exultem os fiéis por sua glória
e, cantando, se alevantem de seus leitos
com louvores do Senhor em sua boca.
Eis a glória para todos os seus santos.

 

 

Evangelho (João 15,26-16,4)

Aleluia, aleluia, aleluia.
O Espírito Santo, a verdade, dará testemunho de mim; depois, também vós, neste mundo, de mim ireis testemunhar (Jo 15,26s).
Disse Jesus: “Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim.
Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio
Disse-vos essas coisas para vos preservar de alguma queda.
Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que todo aquele que vos tirar a vida julgará prestar culto a Deus.
Procederão deste modo porque não conheceram o Pai, nem a mim.
Disse-vos, porém, essas palavras para que, quando chegar a hora, vos” lembreis de que vo-lo anunciei.
Palavra da Salvação.
Deixemos o Senhor da vida iluminar e abrir os caminhos de nossos corações
Seguir e testemunhar a Cristo e seu Reino de amor pressupõe fé redobrada constantemente, e isso quem nos alerta a viver,  é justamente Jesus Cristo. Obedecendo aos pedidos e os planos de evangelização vividos pelo Messias, saberemos cada dia melhor promover o Reino sem nos vangloriar ao mesmo provocar escândalos. O Mestre da evangelização já nos ensinou, ensina e caminha conosco, pois nos alertava na figura dos discípulos, nosso antecessores na missão, que muitos obstáculos e perseguições encontraremos para anunciar o evangelho. Mesmo assim, não tenhamos medo de anunciar a Cristo pois o Espírito Santo será nosso guia, nosso motivador para que nunca nos esqueçamos de voltar a beber da fonte de nossos ensinamentos e de nossa fé em todo testemunho vivido por Jesus. Assumamos a nossa missão de discípulos do Reino sempre relembrando de Cristo e de que por Ele somos chamados, escolhidos e enviados para missão. Por isso, deixemos hoje e sempre o Senhor da vida iluminar e abrir os caminhos de nossos corações com o cuidado e misericórdia do seu Santo Espírito.
Deus nos abençoe e sigamos juntos em mais uma semana de missão.
Por: Anderson Dias 
Oração
Espírito de firmeza, nos momentos de provação, vem em meu socorro, para que eu não sucumba à tentação de apartar-me de meu Mestre e Senhor.

Amor de pai e mãe fonte inesgotável para toda vida

Como filhos de Deus e irmãos de Jesus Cristo, somos frutos do amor divino presentes no mundo. Esse amor vindo de Deus, transcendeu a razão humana e chegou a nós em forma de amor em família. Assim, a continuidade do Reino de Deus foi se firmando nas bases sociais.

Pensamos a princípio que esse amor se resguardaria tão somente a relação homem e mulher. Entretanto, a esperança ainda mora em nossa sociedade, pois o amor dos muitos casais firmados no amor divino da fé em Cristo Jesus e seu projeto de vida não conseguiu se conter, pois amor quando é verdadeiramente amor, não se contêm em viver sem compartilhar, em fazer-se crescer para que o mundo todo se contagie cada dia mais na vivência fraterna e cada dia mais humana.

Dessa partilha de vida em amor, de uma linha advinda de Deus até as muitas famílias, criou raiz, ganhou força, cresceu, floriu e frutificou em muitos e muitos filhos e filhas desse amor. Esse amor de pai e de mãe foi sendo vivido da forma mais linda que podíamos perceber pois a mãe e o pai passaram a deixar de viver para que seus filhos(as) vivessem, deixaram e deixam muitas vezes de sonhar para que os sonhos deles se concretizem, deixam de comer para os alimentar, perdem muito sono desde a idade nova ao fim da vida para eles descansem, deixam de querer o melhor para si para que eles se sintam cada vez vivos.

Ao escrever acerca desse amor humano-divino, percebemos que toda e qualquer palavra ainda é insuficiente para definir e demonstrar de forma concreta todo esse amor família. Na sociedade o pai parece não transparecer muito amor, tanto quanto a mãe, entretanto eles amam os filhos muito pois filho é uma parte essencial deles, perdem toda a vida para que eles vivam.

O amor vai trilhando o seu caminhar de vida infinita nos filhos que agora deveriam também como prova desse amor recebido retribuir seu viver aos pais com todo amor e respeito possível. Entretanto, quando os mesmos se sentem independentes tão somente desmerecem e imaginam que eles, fonte de suas vidas não merecem mais respeito e cuidado. Por que isso acontece? Não tem eles, filhos, o mesmo amor que recebeu de seus pais em Deus? Talvez não acharemos uma resposta muito concreta e consistente, entretanto nós, filhos e filhas perdemos muito tempo para agradecer, respeitar, dizer que amamos e louvamos por todo viver doado para nós. Assim, vivemos nossa juventude de forma vazia, deixando morrer em nosso existir a raiz e fonte de nosso amor em nossos pais.

Portanto, pensemos e busquemos viver melhor muito amor que recebemos de nossos pais, família divina. Faz-se necessário então voltar as fontes do amor de Deus e de nossos pais que nos une e que nos move a viver. Amemos mais e mais não com o amor que criamos, mas com  o amor que plantaram e plantam em nosso viver.

 

Por: Anderson Dias

Quem me ama realmente guardará minha palavra, e meu Pai o amará, e a ele nós viremos (Jo 14,23).

VI SEMANA DA PÁSCOA

Oração do diaDeus eterno e todo-poderoso, dai-nos celebrar com fervor estes dias de júbilo em honra do Cristo ressuscitado, para que nossa vida corresponda sempre aos mistérios que recordamos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 10,25-26.34-35.44-48)

10 25 Quando Pedro estava para entrar, Cornélio saiu a recebê-lo e prostrou-se aos seus pés para adorá-lo.
26 Pedro, porém, o ergueu, dizendo: “Levanta-te! Também eu sou um homem!”
34 Então Pedro tomou a palavra e disse: “Em verdade, reconheço que Deus não faz distinção de pessoas,
35 mas em toda nação lhe é agradável aquele que o temer e fizer o que é justo”.
44 Estando Pedro ainda a falar, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a (santa) palavra.
45 Os fiéis da circuncisão, que tinham vindo com Pedro, profundamente se admiraram, vendo que o dom do Espírito Santo era derramado também sobre os pagãos;
46 pois eles os ouviam falar em outras línguas e glorificar a Deus.
47 Então Pedro tomou a palavra: “Porventura pode-se negar a água do batismo a estes que receberam o Espírito Santo como nós?”
48 E mandou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Rogaram-lhe então que ficasse com eles por alguns dias.
Palavra do Senhor.
Salmo – 97/98
O Senhor fez conhecer a salvação
e revelou sua justiça às nações.


Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo
alcançaram-lhe a vitória.

O Senhor fez conhecer a salvação
e, às nações, sua justiça;
recordou o seu amor sempre fiel
pela casa de Israel.

Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.
Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,
alegrai-vos e exultai!

Leitura (1 João 4,7-10)

4 7 Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus, e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
8 Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.
9 Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele.
10 Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados.
Palavra do Senhor.

Evangelho (João 15,9-17)Aleluia, aleluia, aleluia.

15 9 Disse Jesus: “Como o Pai me ama, assim também eu vos amo. Perseverai no meu amor. 10 Se guardardes os meus mandamentos, sereis constantes no meu amor, como também eu guardei os mandamentos de meu Pai e persisto no seu amor.
11 Disse-vos essas coisas para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa.
12 Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.
13 Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos.
14 Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando.
15 Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai.
16 Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.
17 O que vos mando é que vos ameis uns aos outros”.
Palavra da Salvação.

Em  Cristo somos chamados para viver o amor
Celebrar a Páscoa de Cristo em nossa vida é aceitar e reafirmar que honraremos e corresponderemos a todos os mistérios de fé que recordarmos sempre no nosso dia a dia de Cristãos. Nem por isso seremos melhores que os nossos irmãos(as), mas sobretudo, devemos reconhecer que todos(as)  somos chamados por Cristo a viver nossa missão de batizados pregando o Evangelho sem nenhuma distinção. Deus nos profetas e em Cristo, nos fez conhecer e participar de todo seu projeto de salvação de vida plena. Não nos escolhemos como missionários de Cristo para nossa autopromoção, mas fomos convidados a viver o amor de Cristo que viver em todo nosso existir. Deus nos amou e ama primeiro para nos ensinar sempre a nos amar amando os outros que encontramos. Enquanto batizados somos sim, convidados a preservar o amor e testemunho de vida que Cristo nos transmitiu e que contagiou e conquistou todo nosso ser. Por isso, sejamos discípulos missionário amando aos outros assim com Cristo nos ama. Sejamos anunciadores da vida do Mestre no amor através da amizade. Ouçamos cada vez mais a voz de Cristo, que no silêncio ou no baralho e correria do mundo nos chama e conclama a responder e viver concretamente seu exemplo de Mestre, sendo assim sempre mais vida renovada no mundo que habitamos, promovendo o surgimento de mais e mais frutos do Reino de Deus através de nosso simples testemunho de fé. Para tudo isso ouçamos: “O que vos mando é vos ameis uns aos outros”(Jo 15, 17).

Bom e Santo Domingo para todos(as).

Por: Anderson Dias 

Oração

Senhor Jesus, agradecido(a) por ter sido escolhido(a) e enviado(a) por ti, prometo entregar-me totalmente à missão que me confiaste.

“Deus nos chamava a pregar-lhes o Evangelho”.

V SEMANA DA PÁSCOA

Sepultados com Cristo na batismo, fostes também ressuscitados com ele, porque crestes no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos, aleluia! (Cl 2,12)

Oração do dia

Deus eterno e todo-poderoso, vós nos fizestes participar de vossa própria vida pelo novo nascimento do batismo; conduzi à plenitude da glória aqueles a quem concedestes, pela justificação, o dom da imortalidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 16,1-10)

Chegou a Derbe e depois a Listra. Havia ali um discípulo, chamado Timóteo, filho de uma judia cristã, mas de pai grego, que gozava de ótima reputação junto dos irmãos de Listra e de Icônio.
Paulo quis que ele fosse em sua companhia. Ao tomá-lo consigo, circuncidou-o, por causa dos judeus daqueles lugares, pois todos sabiam que o seu pai era grego.
Nas cidades pelas quais passavam, ensinavam que observassem as decisões que haviam sido tomadas pelos apóstolos e anciãos em Jerusalém.
Assim as igrejas eram confirmadas na fé, e cresciam em número dia a dia.
Atravessando em seguida a Frígia e a província da Galácia, foram impedidos pelo Espírito Santo de anunciar a palavra de Deus na (província da) Ásia.
Ao chegarem aos confins da Mísia, tencionavam seguir para a Bitínia, mas o Espírito de Jesus não o permitiu.
Depois de haverem atravessado rapidamente a Mísia, desceram a Trôade.
De noite, Paulo teve uma visão: um macedônio, em pé, diante dele, lhe rogava: “Passa à Macedônia, e vem em nosso auxílio!”
Assim que teve essa visão, procuramos partir para a Macedônia, certos de que Deus nos chamava a pregar-lhes o Evangelho.
Palavra do Senhor.

 

Salmo – 99/100

 

Aclamai o Senhor, ó terra inteira.
Aclamai o Senhor, ó terra inteira,
servi ao Senhor com alegria,
ide a ele cantando jubilosos!

Sabei que o Senhor, só ele, é Deus,
ele mesmo nos fez e somos seus,
nós somos seu povo e seu rebanho.

Sim, é bom o Senhor e nosso Deus,
sua bondade perdura para sempre,
seu amor é fiel e eternamente!

Evangelho (João 15,18-21)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto, onde Cristo está sentando á direita de Deus Pai (Cl 3,1).
Disse Jesus: “Se o mundo vos odeia, sabei que me odiou a mim antes que a vós.
Se fôsseis do mundo, o mundo vos amaria como sendo seus. Como, porém, não sois do mundo, mas do mundo vos escolhi, por isso o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: ‘O servo não é maior do que o seu senhor’. Se me perseguiram, também vos hão de perseguir. Se guardaram a minha palavra, hão de guardar também a vossa.
Mas vos farão tudo isso por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou”.
Palavra da Salvação.

Seguindo o exemplo de Cristo.

Ressuscitados em Cristo para uma nova vida, somos convidados a diariamente ouvir a voz do Espírito Santo que nos chama a evangelizar não por nossa vontade, mas primordialmente para seguir a vontade de Deus Pai em Jesus para continuidade da expansão do Reino de Vida. Assumindo esse nosso real comportamento de cristãos, começaremos a viver melhor o entendimento acerca da nossa íntima relação com Jesus e  com sua proposta de  salvação e promoção da vida. Se estamos ligados a Cristo pela fé, devemos reconhecer e aceitar cada dia mais que se decidirmos seguir seu exemplo de vida, o nosso viver sempre se refletirá no todo que Ele viveu. Por sermos convidados e escolhidos a anunciar o evangelho que promove vida, seremos também odiados e perseguidos  muitas vezes. Entretanto, se ouviram e guardaram a palavra de Cristo, também o mundo, ouvirá e guardará as nossas palavras. Não somos convidados a sermos ou nos acharmos maiores que Cristo e ou melhores do que os nossos irmãos(as) que também estão no mundo e recebem o chamado à missão de assumir particularmente seu batismo. Somos convidados hoje e sempre, a sermos evangelhos vivos,  que com seu testemunho simples e consciente transborda e expande todo exemplo de vida, amor e doação pelo projeto do Reino de Deus como Jesus, Paulo e tantos outros que tão bem o fizeram. Sejamos e vivamos no mundo, mas sempre em Cristo.

Bom Sábado para todos(as).

Por: Anderson Dias. 

Oração

Pai, faze-me forte para enfrentar o ódio e a perseguição do mundo, sem abrir mão de minha fidelidade a ti e a teu Reino, a exemplo de Jesus.

Amar e testemunhar como Jesus nos ensinou.

V SEMANA DA PÁSCOA

Oração do dia

Preparai, ó Deus, nossos corações para vivermos dignamente os mistérios pascais, a fim de que esta celebração realizada com alegria nos proteja por sua força inesgotável e nos comunique a salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

Leitura (Atos 15,22-31)

Então pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos com toda a comunidade escolher homens dentre eles e enviá-los a Antioquia com Paulo e Barnabé: Judas, que tinha o sobrenome de Barsabás, e Silas, homens notáveis entre os irmãos.

Por seu intermédio enviaram a seguinte carta: “Os apóstolos e os anciãos aos irmãos de origem pagã, em Antioquia, na Síria e Cilícia, saúde!
Temos ouvido que alguns dentre nós vos têm perturbado com palavras, transtornando os vossos espíritos, sem lhes termos dado semelhante incumbência.
Assim nós nos reunimos e decidimos escolher delegados e enviá-los a vós, com os nossos amados Barnabé e Paulo, homens que têm exposto suas vidas pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
Enviamos, portanto, Judas e Silas que de viva voz vos exporão as mesmas coisas.
Com efeito, pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor outro peso além do seguinte indispensável: que vos abstenhais das carnes sacrificadas aos ídolos, do sangue, da carne sufocada e da impureza. Dessas coisas fareis bem de vos guardar conscienciosamente. Adeus!”
Tendo-se despedido, a delegação dirigiu-se a Antioquia. Ali reuniram a assembléia e entregaram a carta.
À sua leitura, todos se alegraram com o estímulo que ela trazia.
Palavra do Senhor.

Salmo – 56/57 

Vou louvar-vos, Senhor, entre os povos.

Meu coração está pronto, meu Deus,
está pronto o meu coração!
Vou cantar e tocar para vós:
desperta, minha alma, desperta!
Despertem a harpa e a lira,
e irei acordar a aurora!

Vou louvar-vos, Senhor, entre os povos,
dar-vos graças por entre as nações!
Vosso amor é mais alto que os céus,
mais que as nuvens a vossa verdade!
Elevai-vos, ó Deus, sobre os céus,
vossa glória refulja na terra!

 

Evangelho (João 15,12-17)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu vos chamo meus amigos, pois vos dei a conhecer o que o Pai me revelou (Jo 15,15)
Disse Jesus: “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.
Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos.
Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando.
Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.
O que vos mando é que vos ameis uns aos outros”.
Palavra da Salvação.

Amar e testemunhar como Jesus nos ensinou.

Hoje e sempre o Evangelho nos convida a prática da oração e assim pedir a Deus Pai que preparai, nossos corações para vivermos dignamente os mistérios pascais. Para vivermos esses mistérios da vida plena precisamos tão somente viver as palavras amor e testemunho a exemplo de Jesus Cristo. O amor que Jesus nos ensinou e ensina até hoje que é o maior mandamento da vida. Nos mostrou que é o amor que move o mundo à promoção da vida plena a partir do cuidado com o outro como a si mesmo. Jesus nos mostra que mesmo antes de nascermos Deus Pai já nos amava e nos chamava a também viver o mandamento do amor, ou seja, o mandamento do seu Reino. Entendidos e internalizados acerca do amor a vida em Cristo que nos move, continuamos a receber o convite a aprofundarmos mais todo esse viver de amor a nós transferido por Cristo. Assim, através do testemunho, da doação nos animamos mesmo em meio as muitas tantas dificuldades e medos, a continuar anunciando o Reino de amor e da vida  assim como Jesus o fez até as últimas consequências.

Decidir por todo esse novo modo de vida nunca foi e nem será fácil, assim como para Jesus também não foi. Entretanto, por amor ao projeto da vida plena Ele abraçou os planos do Pai na certeza de que conquistaria o coração da humanidade, como o fez. Continuemos então com nosso testemunho de vida a disseminar o mandamento do amor que move a vida hoje e sempre.

Por: Anderson Dias

Oração

Pai, seja o amor de Jesus minha única fonte de inspiração para pôr em prática o mandamento do amor mútuo. Que eu me esforce por amar, como tu amas!

Eu e a Cruz de Cristo.

Hoje algumas cidades brasileiras celebram a Cruz de Cristo e sua profunda relação com a fé que professamos. Daí talvez muitos ainda nos perguntam o por que exaltamos e damos tanto valor a dois simples pedaços de madeira. Entretanto, se nosssa fé for realmente enraizada no exemplo de vida e testemunho de Jesus Cristo, o Messias salvador, nós saberemos com misericódia e cuidado responder a qualquer um acerca desse assunto.

Exaltar a Cruz de Cristo não significa tão somente usâ-la como corrente, gargantilha, pulseira, imagens em camisetas ou mesmo realizando o sinal da cruz nas celebrações costumeiras. Talvez seja duro e mesmo difícil lermos e ou mesmo ouvirmos alguém nos falar isso. Contudo, é necessário, para que assim consigamos melhor olhar e tentar viver cada dia mais e melhor o verdadeiro sentido e simbologia da Cruz de Cristo para nós.

Portanto, exaltemos e glorifiquemos sim a Cruz, que antes de Cristo era exemplo de morte, vergonha, finitude, sofrimento e se transfigura ao acolher em seu lenho o Senhor da Vida eterna. Assim, a partir de Cristo a Cruz também ganha vida nova, também ressucita para nos ensinar, para nos guiar enquanto discípulos missionários, testemunhas do Reino de Deus. Não percamos então a cada dia as infinitas oportunidades que Deus Pai, através de Cristo Jesus, nos convida para assumirmos não nossas cruzes, mas a Cruz de Cristo já que somos herdeiros responsáveis pela continuidade da promoção do Reino da vida. Tal compromisso assumido e vivido em consonância com o Evangelho nos possibiltará prosseguir a luta para vencer muitas e muitas cruze que o povo de Deus enfrenta na atualidade.

 

Por: Anderson Dias

Aprender a ver Jesus Cristo caminho, verdade e vida.

 

SANTOS FILIPE E TIAGO

 

Oração do dia

Ó Deus, vós nos alegrais cada ano com a festa dos apóstolos são Filipe e são Tiago. Concedei-nos, por suas preces, participar de tal modo da paixão e ressurreição do vosso filho, que vejamos eternamente a vossa face. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (1 Coríntios 15,1-8)
Eu vos lembro, irmãos, o Evangelho que vos preguei, e que tendes acolhido, no qual estais firmes. Por ele sereis salvos, se o conservardes como vo-lo preguei. De outra forma, em vão teríeis abraçado a fé.
Eu vos transmiti primeiramente o que eu mesmo havia recebido: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; foi sepultado, e ressurgiu ao terceiro dia, segundo as Escrituras; apareceu a Cefas, e em seguida aos Doze.
Depois apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma vez, dos quais a maior parte ainda vive (e alguns já são mortos); depois apareceu a Tiago, em seguida a todos os apóstolos.
E, por último de todos, apareceu também a mim, como a um abortivo.
Palavra do Senhor.

Salmo – 18/19A

Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.

Os céus proclamam a glória do Senhor,
e o firmamento, a obra de suas mãos;
o dia ao dia transmite esta mensagem,
a noite à noite publica esta notícia.

Não são discursos nem frases ou palavras,
nem são vozes que possam ser ouvidas;
seu som ressoa e se espalha em toda a terra,
chega aos confins do universo a sua voz.

 

Evangelho (João 14,6-14)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Sou o caminho, a verdade e a vida, diz Jesus; Filipe, quem me vê, igualmente vê meu Pai! (Jo 14,6.9)
Naquele tempo, Jesus lhe respondeu: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, pois o tendes visto”.
Disse-lhe Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta”.
Respondeu Jesus: “Há tanto tempo que estou convosco e não me conheceste, Filipe! Aquele que me viu, viu também o Pai. Como, pois, dizes: ´Mostra-nos o Pai´.
Não credes que estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que vos digo não as digo de mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é que realiza as suas próprias obras.
Crede-me: estou no Pai, e o Pai em mim. Crede-o ao menos por causa destas obras.
Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai.
E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei”.
Palavra da Salvação.
Aprender a ver Jesus Cristo caminho, verdade e vida.
A liturgia nos convida a reconhecer agora e sempre que a nossa salvação, que começa aqui e agora depende primordialmente do nosso acolher em ouvir, aprender e dar testemunho do Evangelho da vida que nos alimenta e revigora. Assim, através da nossa vida de fé e ação conseguiremos alcançar a proposta do salmo 18 de fazer ressoar cada vez mais forte e por todos os cantos do mundo o som do anúncio do Reino de Deus.
Ligados de forma mais íntima e consciente com o evangelho palavra e tornando ele em evangelho vivo em nosso cotidiano, encontraremos logo a pessoa de Jesus Cristo, que é Filho, que é Pai. Precisamos querer aprender a conhecer cada vez mais e mais o viver de Cristo como caminho para nosso caminhar, o iluminar de Cristo, como luz de nossa missão, a sabedoria de Cristo baseada na misericórdia da verdade que nos ensina a sermos verdadeiros sem deixarmos de ser misericordiosos e por fim a vida de Cristo como exemplo de doação de vida para promoção de tantas e tantas vidas novas ou não que podemos conquistar através de nosso testemunho de vida transbordada de Cristo Jesus caminho, verdade e vida.
Comentário por: Anderson Dias
Oração
Espírito de discernimento ilumina minha mente e meu coração para que eu possa reconhecer o Pai na contemplação do Filho Jesus.