Tu és eternamente sacerdote anunciando a lei da vida, do amor e da misericórdia.

Bom dia irmãos(as). Que Cristo Jesus continue sendo para todo o sempre o nosso Sacerdote e a nossa lei de vida, de amor e misericórdia que devemos seguir.

Leitura – Hb 5,1-10

Mesmo sendo Filho, por aquilo que ele sofreu,
aprendeu o que significa a obediência.
jesus
Leitura da Carta aos Hebreus 5,1-10

Todo sumo sacerdote é tirado do meio dos homens
e instituído em favor dos homens
nas coisas que se referem a Deus,
para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados.
Sabe ter compaixão
dos que estão na ignorância e no erro,
porque ele mesmo está cercado de fraqueza.
Por isso, deve oferecer sacrifícios
tanto pelos pecados do povo,
quanto pelos seus próprios.
Ninguém deve atribuir-se esta honra,
senão o que foi chamado por Deus, como Aarão.
Deste modo, também Cristo não se atribuiu a si mesmo
a honra de ser sumo sacerdote,
mas foi aquele que lhe disse:
‘Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei’.
Como diz em outra passagem:
‘Tu és sacerdote para sempre, na ordem de Melquisedec.’
Cristo, nos dias de sua vida terrestre,
dirigiu preces e súplicas,
com forte clamor e lágrimas,
àquele que era capaz de salvá-lo da morte.
E foi atendido, por causa de sua entrega a Deus.
Mesmo sendo Filho,
aprendeu o que significa a obediência a Deus
por aquilo que ele sofreu.
Mas, na consumação de sua vida,
tornou-se causa de salvação eterna
para todos os que lhe obedecem.
De fato, ele foi por Deus proclamado sumo sacerdote
na ordem de Melquisedec.
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 109. R. Tu és eternamente sacerdote segundo a ordem do rei Melquisedec!

yeshua_talit

Palavra do Senhor ao meu Senhor:
‘Assenta-te ao lado meu direito
até que eu ponha os inimigos teus
como escabelo por debaixo de teus pés!’
O Senhor estenderá desde Sião
vosso cetro de poder, pois Ele diz:
‘Domina com vigor teus inimigos;
tu és príncipe desde o dia em que nasceste;
na glória e esplendor da santidade,
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!’
Jurou o Senhor e manterá sua palavra:
‘Tu és sacerdote eternamente,
segundo a ordem do rei Melquisedec!’

Evangelho – Mc 2,18-22

O noivo está com eles.

banner-artigo-a-vida-com-jesus

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 2,18-22

Naquele tempo:
Os discípulos de João Batista e os fariseus
estavam jejuando.
Então, vieram dizer a Jesus:
‘Por que os discípulos de João
e os discípulos dos fariseus jejuam,
e os teus discípulos não jejuam?’
Jesus respondeu:
‘Os convidados de um casamento
poderiam, por acaso, fazer jejum,
enquanto o noivo está com eles?
Enquanto o noivo está com eles,
os convidados não podem jejuar.
Mas vai chegar o tempo
em que o noivo será tirado do meio deles;
aí, então, eles vão jejuar.
Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha;
porque o remendo novo repuxa o pano velho
e o rasgão fica maior ainda.
Ninguém pðe vinho novo em odres velhos;
porque o vinho novo arrebenta os odres velhos
e o vinho e os odres se perdem.
Por isso, vinho novo em odres novos’.
Palavra da Salvação.

images
“Mesmo sendo Filho, por aquilo que ele sofreu, aprendeu o que significa a obediência”. É por seres obediente ao Pai que Jesus também não importa muito com o pensar diferente de muitos da sua época como os fariseus. Jesus sabia sim, que a prática do jejum era sustentada a muito tempo e de forma rigorosa, desde mesmo talvez antes de sua vinda ao mundo. Entretanto, Jesus, mesmo sendo questionado, nos mostra que as práticas religiosas só têm sentido enquanto são manifestações do íntimo relacionamento que temos com Deus. Para Jesus enquanto estivesse junto aos discípulos, seria tempo de alegria e festa. Depois que passassem a viver a privação da presença de Jesus ai sim seria necessário jejuns e penitências para preparar a nova vinda do Senhor, para vivermos tempo de alegria eterna. Jesus consciente e obediente ao Pai, sabia que  estando com os discípulos a sua missão não seria seguir a risca leis e tradições criadas e ou destorcidas muitas vezes por poderes sociais alienados que ao invés de defender a vida a colocava em cheque ou mesmo a aniquilava em nome de lei, sendo contrário ao plano de Salvação de Deus. Mas era sim, preparar bem os discípulos, instruí-los da melhor maneira possível em tão pouco tempo. Por isso, os discípulos, assim como nós hoje, precisam aproveitar muito mais dos ensinamentos propostos por Jesus, do que propriamente seguir às cegas a tantas e muitas leis que nos são determinadas. Não viemos também para desrespeitá-las, viemos sim para reconhecer que as leis de Deus em Jesus Cristo é e sempre serão maiores, superiores, sendo elas o caminho por onde devemos seguir, buscando viver as leis da vida,  do amor e da misericórdia. Por fim, percebemos que Jesus veio nos trazer algo realmente novo, e não apenas colocar rótulos novos nas coisas velhas que já existiam antes da sua vinda ao mundo. Que Deus Pai nos conceda a graça de não nos iludirmos com as leis mundanas, mas que ao amadurecer na nossa vida fé possamos reconhecer ainda mais a presença da lei por excelência vivendo entre nós na pessoa de Cristo. Esperemos o tempo de Deus. Enquanto isso agora sim, devemos jejuar e realizar penitências, mas não nos entreguemos a tristeza, mas pelo contrário, nos alegremos no Senhor, pois temos, a partir de nossa fé, a certeza que Ele voltará em sua plenitude de vida.
Que a  alegria do Senhor seja sempre nossa força. Abraços irmãos(as). Deus os abençoe e tenhamos todos uma boa e santa semana.  
OTempo-de-Deus-730x410

One comment on “Tu és eternamente sacerdote anunciando a lei da vida, do amor e da misericórdia.

  1. Saber ter compaixão daqueles que erram… Exercício diário de fé. Jesus pede uma mudança de vida. Nem sempre é fácil, mas vale a pena tentar. Bom dia irmãos em Cristo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *