Jesus: Presença que cura, transforma nosso viver e nos convida a servir hoje e sempre.

 

Bom dia irmãos(as). Ergamos os nossos olhos para aquele que tem o céu como trono; a multidão dos anjos o adora, cantando a uma só voz: Eis aquele cujo poder é eterno.

A evangelização obedece ao mandato missionário de Jesus: “Ide, pois fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-osa cumprir tudo quanto vos tenho mandado” (Mt28, 19-20). Nestes versículos, aparece o momento em que o Ressuscitado envia os seus a pregar o Evangelho em todos os tempos e lugares, para que a fé n’Ele se estenda a todos os cantos da Terra.  EG, cap.1, pag.19

Leitura – Hb 2,14-18

jesus

Devia fazer-se em tudo semelhante aos irmãos,
para se tornar um sumo sacerdote misericordioso.
Leitura da Carta aos Hebreus 2,14-18
Visto que os filhos têm em comum a carne e o sangue,
também Jesus participou da mesma condição,
para assim destruir, com a sua morte,
aquele que tinha o poder da morte,
isto é, o diabo,
e libertar os que, por medo da morte,
estavam a vida toda sujeitos à escravidão.
Pois, afinal, não veio ocupar-se com os anjos,
mas com a descendência de Abraão.
Por isso devia fazer-se em tudo semelhante aos irmãos,
para se tornar um sumo sacerdote misericordioso
e digno de confiança nas coisas referentes a Deus,
a fim de expiar os pecados do povo.
Pois, tendo ele próprio sofrido ao ser tentado,
é capaz de socorrer os que agora sofrem a tentação.
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 104. R. O Senhor se lembra sempre da Aliança.

images-3

Dai graças ao Senhor, gritai seu nome, 
anunciai entre as nações seus grandes feitos!
Cantai, entoai salmos para ele, 
publicai todas as suas maravilhas! 
Gloriai-vos em seu nome que é santo, 
exulte o coração que busca a Deus!
Procurai o Senhor Deus e seu poder,  
buscai constantemente a sua face!
Descendentes de Abraão, seu servidor, 
e filhos de Jacó, seu escolhido,
ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus,  
vigoram suas leis em toda a terra.
Ele sempre se recorda da Aliança,
promulgada a incontáveis gerações;
da Aliança que ele fez com Abraão, 
e do seu santo juramento a Isaac.

Evangelho – Mc 1,29-39

Curou muitas pessoas de diversas doenças
576363aa4fa2cf186caa16ef9ebd3ec9
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 1,29-39

Naquele tempo:
Jesus saiu da sinagoga
e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André.
A sogra de Simão estava de cama, com febre,
e eles logo contaram a Jesus.
E ele se aproximou, segurou sua mão
e ajudou-a a levantar-se.
Então, a febre desapareceu;
e ela começou a servi-los.
É tarde, depois do pôr-do-sol,
levaram a Jesus todos os doentes
e os possuídos pelo demônio.
A cidade inteira se reuniu em frente da casa.
Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças
e expulsou muitos demônios.
E não deixava que os demônios falassem,
pois sabiam quem ele era.
De madrugada, quando ainda estava escuro,
Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto.
Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus.
Quando o encontraram, disseram:
‘Todos estão te procurando’.
Jesus respondeu:
‘Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza!
Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim’.
E andava por toda a Galiléia,
pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.
Palavra da Salvação.

palavra
O Verbo de Deus, vivo em Jesus, se faz concreto e presente em nosso meio, se fazendo extremamente semelhante a humanidade a qual ele foi enviado para salvar. Não adiantaria muito Jesus vim anunciar a salvação e a Vida Plena através do seguir e servir ao Reino se nem mesmo Ele vivesse os sofrimentos humanos para continuar trilhando esse caminho. Sabemos que temos em comum entre nós o sangue e a carne imbuídos do viver e sofrer. Entretanto, Jesus vai além, e nem mesmo tal semelhança Ele deixa  de viver conosco tão somente porque era o Messias, o Filho de Deus. Ele a vive justamente para reafirmar a aliança divina de que o amor de Deus se faria presente entre nós da forma mais viva e concreta, que andaria conosco e nos ajudaria a nos libertar de nossos pecados e vencer a morte em suas mais diversas formas no mundo de ontem, hoje e sempre. A vida de Jesus é e sempre foi pautada com marcas de amor, de alguém, que estava voltado para as necessidades e carências  do próximo. Por isso, Jesus colocava-se sempre de prontidão para servir a todos aqueles que o procuravam. A nenhum dos doentes, marginalizados e pecadores Jesus despedia sem antes ajudá-los a se libertarem de seus males através de sua fé. Jesus em sua plena disposição de assumir a aliança definitiva do Pai conosco, viveu para transformar, libertar e garantir vida digna, justa e plena para toda humanidade. Nesse sentido, Jesus nós deixa hoje e sempre, mais uma exemplo de vida a ser imitado, seguido: O da disposição em agradecer pela vida nova em Cristo e a partir dai se colocar em constante agradecimento com a prática diária do nosso testemunho vivo pelo Reino de Deus.
Que Deus Pai nos conceda hoje e sempre, mais graças e forças, para continuarmos a transformar nosso viver e o de tantos outros ao nosso redor a partir do anúncio da Palavra de Deus com o nosso testemunho missionário. No Reino sempre há onde, como e a quem servir. Coloquemos a disposição do Reino da Vida os dons e graças que recebemos constantemente. Imitemos a Jesus sendo e levando cada dia mais esperança de vida nova a tantos quantos ainda até hoje precisam, não de serem despedidos de qualquer sorte, mas acolhidos com gestos repletos do amor de Cristo que vivem nós. Que a alegria do evangelho do Senhor seja sempre nossa força.
liberdade
“A alegrai do Evangelho é para todo o povo, não se pode excluir  ninguém; assim foi anunciada pelo anjo aos pastores de Belém: Não temais, pois anuncio-vos uma grande alegria, que será para todo o povo (Lc 2,10). EG. cap.1, pag.21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *