“O ENCONTRO COM O MESSIAS”

TEMPO DO NATAL

 

No princípio e antes dos séculos o Verbo era Deus, e dignou-se nascer para salvar o mundo (Jo 1,1).

Oração do dia

Ó Deus, pelo nascimento do vosso Filho, a aurora do vosso dia eterno despontou sobre todas as nações. Concedei ao vosso povo conhecer a fulgurante glória do seu redentor e por ele chegar à luz que não se extingue. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (1 João 3,7-10)
Leitura da primeira carta de João.
Filhinhos, ninguém vos seduza: aquele que pratica a justiça é justo, como também (Jesus) é justo. Aquele que peca é do demônio, porque o demônio peca desde o princípio. Eis por que o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do demônio.
Todo o que é nascido de Deus não peca, porque o germe divino reside nele; e não pode pecar, porque nasceu de Deus.
É nisto que se conhece quais são os filhos de Deus e quais os do demônio: todo o que não pratica a justiça não é de Deus, como também aquele que não ama o seu irmão.
Palavra do Senhor.
Salmo – 97
Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.
Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo
alcançaram-lhe a vitória.

Aplauda o mar com todo ser que nele vive,
o mundo inteiro e toda gente!
As montanhas e os rios batam palmas
e exultem de alegria.

Na presença do Senhor, pois ele vem,
vem julgar a terra inteira.
Julgará o universo com justiça
e as nações com equidade.

 

Evangelho (João 1,35-42)
Depois de ter falado, no passado, aos nossos pais, pelos profetas, muitas vezes, em nossos dias Deus falou-nos por seu Filho (Hb 1,1s).


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.
No dia seguinte, estava lá João outra vez com dois dos seus discípulos.
E, avistando Jesus que ia passando, disse: “Eis o Cordeiro de Deus”.
Os dois discípulos ouviram-no falar e seguiram Jesus.
Voltando-se Jesus e vendo que o seguiam, perguntou-lhes: “Que procurais?” Disseram-lhe: “Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?”
“Vinde e vede”, respondeu-lhes ele. Foram aonde ele morava e ficaram com ele aquele dia. Era cerca da hora décima. André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido João e que o tinham seguido.
Foi ele então logo à procura de seu irmão e disse-lhe: “Achamos o Messias” (que quer dizer o Cristo). Levou-o a Jesus, e Jesus, fixando nele o olhar, disse: “Tu és Simão, filho de João; serás chamado Cefas” (que quer dizer pedra).
Palavra da Salvação.

Encontrar e conhecer o Messias.

A liturgia de hoje nos convida a refazer ou mesmo fazer nascer novamente o nosso reconhecimento do verdadeiro e essencial modelo e fonte de nossa vida física e espiritual de fé.

Entretanto, parecemos ficar cada dia mais presos a uma visão e vivência alienada que muito diverge da fé e projeto de vida tão bem vivido por Jesus. Parece que fazemos tão somente um encontro superficial e que assim se torna fictício ou mesmo muito rotineiro. Tal situação real de fé não é absurdo,pois muitas vezes parece vivemos assim a nossa fé, chegando mesmo sem querer ou não, desconhecer a presença viva de Jesus em nós.

Contudo, a esperança de renovar nossa vida e nossa fé, renasce constantemente de muitos e muitos encontros divinos-humanos que Jesus nos proporciona. Saibamos pois, aproveitar do amor infinito e misericordioso de Deus Pai para que consigamos cada dia mais encontrar, acolher e reconhecer que a graça da vida de Jesus em nós é sempre uma constância prestes a brotar, florir e frutificar. então, terreno fértil para viver a graça de encontrar o Messias diariamente na missão enquanto testemunha do Reino da vida.

                                      Por: Viver Evangelizando.

Oração


Pai, faze-me permanecer sempre junto a teu Filho Jesus, enviado por ti para realizar todas as nossas esperanças de salvação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *