Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e a ele nós viremos (Jo 14,23).

XXX DOMINGO DO TEMPO COMUM

Oração do dia Deus eterno e todo-poderoso, aumentai em nós a fé, a esperança e a caridade e dai-nos amar o que ordenais para conseguirmos o que prometeis. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Êxodo 22,20-26) Se fizerdes algum mal à viúva e ao órfão
minha cólera se inflamará contra vós.

Aquele que oferecer sacrifícios a outros deuses fora do Senhor, será votado ao interdito.
Não maltratarás o estrangeiro e não o oprimirás, porque foste estrangeiro no Egito.
Não prejudicareis a viúva e o órfão.
Se os prejudicardes, eles clamarão a mim e eu os ouvirei;
minha cólera se inflamará e vos farei perecer pela espada; vossas mulheres ficarão viúvas e vossos filhos, órfãos.
Se emprestares dinheiro a alguém do meu povo, ao pobre que está contigo, não lhe serás como um credor: não lhe exigirás juros.
Se tomares como penhor o manto de teu próximo, devolver-lho-ás antes do pôr-do-sol.
Palavra do Senhor.

Salmo-17
Eu vos amo, ó Senhor, sois minha força e salvação. 

Eu vos amo, ó Senhor! Sois minha força, 
Minha rocha, meu refúgio e salvador! 
Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, 
Minha força e poderosa salvação. 

Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, 
meu escudo e proteção: em vós espero! 
Invocarei o meu Senhor: a ele a glória! 
E dos meus perseguidores serei salvo! 

Viva o Senhor! Bendito seja o meu rochedo! 
E louvado seja Deus, meu salvador! 
Concedeis ao vosso rei grandes vitórias 
E mostrais misericórdia ao vosso ungido.

Leitura (1 Tessalonicenses 1,5-10) Vós vos convertestes, abandonando os falsos deuses,
para servir a Deus esperando o seu Filho.


O nosso Evangelho vos foi pregado não somente por palavra, mas também com poder, com o Espírito Santo e com plena convicção. Sabeis o que temos sido entre vós para a vossa salvação.
E vós vos fizestes imitadores nossos e do Senhor, ao receberdes a palavra, apesar das muitas tribulações, com a alegria do Espírito Santo,
de sorte que vos tornastes modelo para todos os fiéis da Macedônia e da Acaia.
Em verdade, partindo de vós, não só ressoou a palavra do Senhor pela Macedônia e Acaia, mas também se propagou a fama de vossa fé em Deus por toda parte, de maneira que não temos necessidade de dizer coisa alguma.
De fato, a nosso respeito, conta-se por toda parte qual foi o acolhimento que da vossa parte tivemos, e como abandonastes os ídolos e vos convertestes a Deus, para servirdes ao Deus vivo e verdadeiro,
e aguardardes dos céus seu Filho que Deus ressuscitou dos mortos, Jesus, que nos livra da ira iminente.
Palavra do Senhor.

Evangelho (Mateus 22,34-40)

Amarás o Senhor teu Deus, e ao
teu próximo como a ti mesmo.

Sabendo os fariseus que Jesus reduzira ao silêncio os saduceus, reuniram-se
e um deles, doutor da lei, fez-lhe esta pergunta para pô-lo à prova:
“Mestre, qual é o maior mandamento da lei?”
Respondeu Jesus: “‘Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito’.
Este é o maior e o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: ‘Amarás teu próximo como a ti mesmo’.
Nesses dois mandamentos se resumem toda a lei e os profetas”.
Palavra da Salvação.

AMAR A DEUS E AO PRÓXIMO


Jesus simplificou ao máximo as práticas religiosas, resumindo tudo no amor a Deus e ao próximo. Existe, porém, uma estreita correlação entre estes dois mandamentos do amor.

Amar a Deus consiste em deixá-lo ser o senhor absoluto de nossa existência, sem jamais subjugá-la ao capricho de nenhuma criatura. Este amor coloca o centro da vida humana fora dela mesma, de modo a manter a pessoa sempre aberta para a comunhão e a partilha. Aí não haverá lugar para o egoísmo, para a dominação do próximo, nem para o espírito de competição. O amor a Deus manterá a pessoa em estado contínuo de alerta diante dos apelos mundanos de busca desenfreada de prazer. Ela não se deixará enganar pela efemeridade das propostas do mundo.

O amor ao próximo decorre deste amor fundamental. A abertura amorosa para Deus leva a pessoa a defrontar-se com o próximo, a quem se sente impelida a amar com o mesmo empenho e interesse como ama a si mesma. Haverá, entretanto, uma sensibilidade particular em relação aos mais pobres e excluídos, por serem estes objeto de especial predileção por parte de Deus.

O amor a Deus purifica e prepara o coração humano para o amor ao próximo. Por sua vez, o verdadeiro amor ao próximo deveria  preparar o coração humano para o encontro com Deus. Esta é a religião querida por Jesus.

Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica

Oração


Senhor Jesus, faze-me compreender profundamente as exigências do amor a Deus e ao próximo, de modo a centrar minha vida no que é essencial.

 

viverevangelizando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *