“Porque pela fé estais firmes … Porque andamos por fé, e não por vista … Examinai a vós mesmos se estais na fé” (2ª Cor. 1:24 b; 5:7; 13:5).

“Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para dentro do seu coração. Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, acorda”.Carl Jung

Bom dia queridos irmãos e irmãs em Jesus que renasce em nosso viver. Que saibamos hoje e sempre a usar da melhor maneira possível o dom e a graça da Sabedoria divina a nós doada. Assim, olharemos e atuaremos melhor para continuar a fazer ‘Renascer’ o Reino de Deus a nós confiado. Rezemos juntos os ensinamentos que a Palavra hoje nos traz.

vida4

Leitura – Ap 20,1-4.11-21,2

Os mortos foram julgados de acordo com sua conduta.
Vi a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu.
Leitura do Livro do Apocalipse de São João 20,1-4.11-21,2

Eu, João,
vi um anjo descer do céu.
Nas mãos tinha a chave do Abismo e uma grande corrente.
Ele agarrou o Dragão, a antiga Serpente,
que é o Diabo, Satanás.
Acorrentou-o por mil anos
e lançou-o dentro do Abismo.
Depois, trancou e lacrou o Abismo,
para que o Dragão não seduzisse mais as nações da terra,
até que terminassem os mil anos.
Depois dos mil anos,
o Dragão deve ser solto,
mas por pouco tempo.
Vi então tronos,
e os seus ocupantes sentaram-se
e receberam o poder de julgar.
Vi também as almas daqueles que foram decapitados
por causa do Testemunho de Jesus e da Palavra de Deus
e aqueles que não tinham adorado a besta,
nem a imagem dela,
nem tinham recebido na fronte ou na mão
a marca da besta.
Eles voltaram a viver,
para reinarem com Cristo durante mil anos.
Vi ainda um grande trono branco
e aquele que estava sentado nele.
O céu e a terra fugiram da sua presença
e não se achou mais o lugar deles.
Vi também os mortos,
os grandes e os pequenos,
em pé diante do trono.
Foram abertos livros,
e mais um outro livro ainda:
o livro da vida.
Então foram julgados os mortos,
de acordo com sua conduta,
conforme está escrito nos livros.
O mar devolveu os mortos que se encontravam nele.
A morte e a morada dos mortos
entregaram de volta os seus mortos.
E cada um foi julgado conforme sua conduta.
A morte e a morada dos mortos
foram então lançados no lago de fogo.
Esta é a segunda morte: o lago de fogo.
Quem não tinha o seu nome escrito no livro da vida,
foi também lançado no lago de fogo.
Vi então um novo céu e uma nova terra.
Pois o primeiro céu e a primeira terra passaram,
e o mar já não existe.
Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,
que descia do céu, de junto de Deus,
vestida qual esposa enfeitada para o seu marido.
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 83 (84) R. Eis a tenda de Deus, no meio do povo!natureza1

Minha alma desfalece de saudades  
e anseia pelos átrios do Senhor!
Meu coração e minha carne rejubilam  
e exultam de alegria no Deus vivo!
Felizes os que habitam vossa casa; 
para sempre haverão de vos louvar!
Felizes os que em vós têm sua força, 
Caminharão com um ardor sempre crescente. 

Evangelho – Lc 21,29-33

 
Quando virdes acontecer essas coisas,
ficai sabendo que o Reino de Deus está perto.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 21,29-33

Naquele tempo:
Jesus contou-lhes uma parábola:
‘Olhai a figueira e todas as árvores.
Quando vedes que elas estão dando brotos,
logo sabeis que o verão está perto.
Vós também, quando virdes acontecer essas coisas,
ficai sabendo que o Reino de Deus está perto.
Em verdade, eu vos digo:
tudo isso vai acontecer antes que passe esta geração.
O céu e a terra passarão,
mas as minhas palavras não hão de passar.
Palavra da Salvação.

Olhando a Palavra viva em nós….vida3
Em nossa vida a presença de Deus é e sempre será permeada de muitos sinais que nos orientam a nos maravilhar e aproveitar ao máximo o Viver de Deus em nós. Entretanto, no Advento que já alegra nosso viver, faz-se necessário realçar nosso olhar com discernimento e sabedoria, para enxergar, reconhecer e melhor sentir em nossa vida de fé os sinais do novo tempo que anseia em renascer em nós. Tal exercício de sapiência é urgente e importante, pois os sinais do mundo embaçam nosso olhar e por vezes nos coloca uma viseira que não nos deixa enxergar a Graça da nossa Natureza Humana e Divina. É claro, que nos acomodamos muitas vezes e damos abertura para o ‘mundo’ social-capitalista e de pecado que criamos a nos afastar da Graça de Deus em nosso existir.
Sigamos o exemplo da Sabedoria das pessoas simples, que mesmo não tendo estudos acadêmicos sabem ler melhor a Vida no mundo. A Sabedoria da dona de casa, do agricultor que olha para o céu e sabe, não por meio de satélites, mas pela sua íntima relação com a natureza de Deus, e sabe se chove ou não, ou se o tempo é propício para plantar, regar e colher. A natureza tem um fio condutor ligado ao nosso viver . “O livro da natureza é uno e indivisível, incluindo, entre outras coisas, o ambiente, a vida, a sexualidade, a família, as relações sociais”. (…) “O homem não se cria a si mesmo. Ele é espírito e vontade, mas também é natureza”. Laudato Si’ 6.pag. 11-12     
Assim, a Palavra de Deus nos motiva a reavivar em nós a Sabedoria de lidar e correlacionar melhor com a natureza de fora, com a natureza que está dentro de nós, pois precisamos reconhecer que ‘Tudo está interligado como se fossemos um nessa Casa Comum’. Como a natureza, da nossa Mãe e Irmã Terra, o Reino não é somente de uma estrutura de começo, ou só meio, mas antes disso é um Reino Dinâmico, o que não difere de como deve ser nosso viver, já que por mais que o Reino tenha um dinamismo próprio, somos nós os responsáveis para Ver, Julgar e Agir com nossa criatividade e alegria de discípulos missionários, para implementar ainda mais toda essa dinâmica da vida que constantemente se renova, já que somos Natureza, somos Reino, somos parte necessária no viver dinâmico do Reino de Deus no mundo.
Que consigamos então, ser cada dia mais sábios em Deus, para sermos também nesse mundo os seus olhos, sua boca, seus braços, suas pernas, seu corpo, enquanto Igreja Viva que reconhece desde sempre a sua responsabilidade no Reino de Vida deixado aos nossos cuidados. Esperemos então, e nos preparemos para deixar novamente renascer a Vida dinâmica de Jesus em nosso viver, que já nos inquieta a com Sabedoria enxergar melhor para sermos Cristãos autênticos mesmo em meio a vivência de nossas limitações.
Continuemos meus irmãos(as) a com nosso olhar de Fé e com nosso agir a Evangelizar em favor da Vida que se renovar em toda humanidade. Abraços e até logo.  vida5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *