Viver a palavra de Deus que nos ensina e santifica

VII SEMANA DO TEMPO COMUM

Oração do dia

Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Tiago 5,9-12)
Não vos queixeis uns dos outros, para que não sejais julgados. Eis que o juiz está à porta.
Tomai, irmãos, por modelo de paciência e de coragem os profetas, que falaram em nome do Senhor.
Vós sabeis que felicitamos os que suportam os sofrimentos de Jó. Vós conheceis o fim em que o Senhor o colocou, porque o Senhor é misericordioso e compassivo.
Antes de mais nada, meus irmãos, abstende-vos de jurar. Não jureis nem pelo céu nem pela terra, nem empregueis qualquer outra fórmula de juramento. Que vosso sim, seja sim; que vosso não, seja não. Assim não caireis ao golpe do julgamento.Palavra do Senhor.

Salmo – 102/103

O Senhor é indulgente, é favorável.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
e todo o meu ser, seu santo nome!
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
não te esqueças de nenhum de seus favores!

Pois ele te perdoa toda culpa
e cura toda a tua enfermidade;
da sepultura ele salva a tua vida
e te cerca de carinho e compaixão.

O Senhor é indulgente, é favorável,
é paciente, é bondoso e compassivo.
Não nos trata como exigem nossas faltas
nem nos pune em proporção às nossas culpas.

Quanto dista o nascente do poente,
tanto afasta para longe nossos crimes.
Como um pai se compadece de seus filhos,
o Senhor tem compaixão dos que o temem.

 

Evangelho (Marcos 10,1-12)
Aleluia, aleluia, aleluia.
Vossa palavra é a verdade; santificai-nos na verdade! (Jo 17,17).
Naquele tempo, saindo dali, ele foi para a região da Judéia, além do Jordão. As multidões voltaram a segui-lo pelo caminho e de novo ele pôs-se a ensiná-las, como era seu costume.
Chegaram os fariseus e perguntaram-lhe, para o pôr à prova, se era permitido ao homem repudiar sua mulher.
Ele respondeu-lhes: “Que vos ordenou Moisés?”
Eles responderam: “Moisés permitiu escrever carta de divórcio e despedir a mulher.”
Continuou Jesus: “Foi devido à dureza do vosso coração que ele vos deu essa lei;
mas, no princípio da criação, Deus os fez homem e mulher.
Por isso, deixará o homem pai e mãe e se unirá à sua mulher;
e os dois não serão senão uma só carne. Assim, já não são dois, mas uma só carne.
Não separe, pois, o homem o que Deus uniu.”
Em casa, os discípulos fizeram-lhe perguntas sobre o mesmo assunto.
E ele disse-lhes: “Quem repudia sua mulher e se casa com outra, comete adultério contra a primeira.
E se a mulher repudia o marido e se casa com outro, comete adultério.”
Palavra da Salvação.

 

Viver a palavra de Deus que nos ensina e santifica

Decididos vivenciar de forma concreta e consistente a fé e missão enquanto cristãos, precisamos reconhecer que faz-se necessário sempre renovar a nossa resposta dada ao chamado à vida de anúncio, testemunho e fidelidade ao Reino de Deus e a toda sua estrutura de vida e respeito. Não justifica sermos cristãos de mentalidade fechada na alienação das leis da sociedade e ou mesmo da igreja instituição. Se decidimos seguir e viver o projeto de salvação proposto por Jesus então precisamos reorganizar e ressuscitar constantemente o nosso modo de vida de fé social, comunitário e familiar. Estamos sujeitos à lei do amor, do cuidado para com a vida em toda sua amplitude. Nesse sentido, por mais que o pecado insistir em viver em nosso meio social e religioso, isso lógico, por nossa fraqueza humana, não devemos nos perder imaginando que tão somente por isso não conseguiremos mudar nossa mentalidade de fé e convivência para assim, juntos, em uma só família testemunhar a palavra de vida e verdade que nos santifica.

Por isso, Deus nos convida a vivermos em comunhão com o sacramento que muitos de nós assumimos para socialmente testemunhar nossa fé, mais especificamente do matrimônio nessa liturgia. Esse por seu vez, precisava e deve ser visto não somente como uma mera união contratual onde o homem figura socialmente mais revestida de benefícios  se sobrepõe à mulher e assim a ver e mesmo trata-a como um objeto de uso que se não  lhe serve mais pode ser logo descartada sem nenhum problema. A lei maior que deve sempre nos mover é a lei do amor, respeito e cuidado para com a vida. Unidos em Cristo pelo matrimônio segundo a nossa fé, nenhuma lei humana conseguirá nós separar.  Portanto, hoje e sempre, nessa questão ou em outra, é e será sempre necessário, que nos abramos para acolher verdadeiramente as leis propostas por Jesus ao testemunhar um Reino de vida e amor aqui no meio de nós. Somente assim, seguindo o exemplo de Jesus, saberemos como melhor viver nossa missão de batizados.

 

Por: Anderson Santos

Oração
Senhor Jesus, leva-me a ter o mesmo pensar do Pai e a refazer meus esquemas mentais contaminados pelo pecado.

Recompensados em Cristo

VII SEMANA DO TEMPO COMUM 

Oração do diaConcedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Tiago 5,1-6)Vós, ricos, chorai e gemei por causa das desgraças que sobre vós virão.
Vossas riquezas apodreceram e vossas roupas foram comidas pela traça.
Vosso ouro e vossa prata enferrujaram-se e a sua ferrugem dará testemunho contra vós e devorará vossas carnes como fogo. Entesourastes nos últimos dias!
Eis que o salário, que defraudastes aos trabalhadores que ceifavam os vossos campos, clama, e seus gritos de ceifadores chegaram aos ouvidos do Senhor dos exércitos.
Tendes vivido em delícias e em dissoluções sobre a terra, e saciastes os vossos corações para o dia da matança!
Condenastes e matastes o justo, e ele não vos resistiu.

Palavra do Senhor.
Salmo – 48/49
Felizes os humildes de espírito
Porque deles é o reino dos céus!

Este é o fim do que espera estultamente,
o fim daqueles que se alegram com sua sorte;
são um rebanho recolhido ao cemitério,
e a própria morte é o pastor que os apascenta.

São empurrados e deslizam para o abismo.
Logo seu corpo e seu semblante se desfazem,
e entre os mortos fixarão sua morada.
Deus, porém, me salvará das mãos da morte
e junto a si me tomará em suas mãos.

Não te inquietes quando um homem fica rico
e aumenta a opulência de sua casa;
pois, ao morrer, não levará nada consigo,
nem seu prestígio poderá acompanhá-lo.

Felicitava-se a si mesmo enquanto vivo:
“Todos te aplaudem, tudo bem, isto que é vida!”
Mas vai-se ele para junto de seus pais,
que nunca mais e nunca mais verão a luz.

Evangelho (Marcos 9,41-50)Aleluia, aleluia, aleluia.
Acolhei a palavra de Deus não como palavra humana, mas como mensagem de Deus, o que ela é, em verdade! (1Ts 2,13).

Naquele tempo, disse Jesus: “Quem vos der de beber um copo de água porque sois de Cristo, digo-vos em verdade: não perderá a sua recompensa.
Mas todo o que fizer cair no pecado a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que uma pedra de moinho lhe fosse posta ao pescoço e o lançassem ao mar!
Se a tua mão for para ti ocasião de queda, corta-a; melhor te é entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para a geena, para o fogo inextinguível. Se o teu pé for para ti ocasião de queda, corta-o fora; melhor te é entrares coxo na vida eterna do que, tendo dois pés, seres lançado à geena do fogo inextinguível. Se o teu olho for para ti ocasião de queda, arranca-o; melhor te é entrares com um olho de menos no Reino de Deus do que, tendo dois olhos, seres lançado à geena do fogo,
onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga.
Porque todo homem será salgado pelo fogo.
O sal é uma boa coisa; mas se ele se tornar insípido, com que lhe restituireis o sabor? Tende sal em vós e vivei em paz uns com os outros”.
Palavra da Salvação.

Ricos em Cristo
É próprio da essência humana buscar ser tornar rico de bens e tesouros materiais. Na verdade buscar a riqueza de poder viver de forma decente e digna não é e nunca foi nada de mais. Entretanto, parece que todo esse poder financeiro mundano nos conduz muitas vezes para distante de como verdadeiramente deve ser o exercício missionário do discípulo de Cristo. Enquanto servos fieis de Cristo devemos ser como sal que dá sabor, que gera vida e que promove a salvação no Reino de Deus presente em nosso mundo. Para sermos cada dia melhores servos e discípulos de Cristo precisamos reconhecer que o pecado, mesmo  se fazendo presente em nosso viver nunca deverá assumir o controle da nossa vida de fé e missão. Precisamos a cada dia mais evangelizar com nosso viver e testemunhar toda a riqueza do exemplo de fé e missão a nós deixado por Jesus. Seguindo esse viés humano e divino de íntima e constante comunhão com Deus é que realmente começaremos a conquistar a recompensa infinitamente valorosa e os tesouros que nenhuma moeda munda conseguirá comprar ou superar. Em comunhão constante com Jesus e seu projeto de salvação e vida seremos recompensados com o verdadeiro e único sentido de vida que devemos buscar, pois mesmo vivendo no mundo, ainda assim,  seremos sempre e primordialmente de Deus.
Por: Anderson Santos
Oração
Senhor Jesus, não permita que eu seja ocasião de pecado para os pequeninos que se aproximam de ti e querem se fazer discípulos do teu Reino.

“Se Deus quiser, viveremos e faremos esta ou aquela coisa”.

VII SEMANA DO TEMPO COMUM

Oração do diaConcedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Tiago 4,13-17)Agora dizeis: “Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, ficaremos ali um ano, comerciaremos e tiraremos o nosso lucro”.
E, entretanto, não sabeis o que acontecerá amanhã! Pois que é a vossa vida? Sois um vapor que aparece por um instante e depois se desvanece.
Em vez de dizerdes: “Se Deus quiser, viveremos e faremos esta ou aquela coisa”.
Mas agora vós vos jactais das vossas presunções. Toda jactância desse gênero é viciosa.
Aquele que souber fazer o bem, e não o faz, peca.

Palavra do Senhor.

Salmo – 48/49
Felizes os humildes de espírito
Porque deles é o reino dos céus!

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo;
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos!

Por que temer os dias maus e infelizes
quando a malícia dos perversos me circunda?
Por que temer os que confiam nas riquezas
e se gloriam na abundância de seus bens?

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate.
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal.

Morrem os sábios e os ricos igualmente;
morrem os loucos e também os insensatos
e deixam tudo o que possuem aos estranhos.

Evangelho (Marcos 9,38-40)Aleluia, aleluia, aleluia.
Sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim (Jo 14,6). 

Naquele tempo, João disse-lhe: “Mestre, vimos alguém, que não nos segue, expulsar demônios em teu nome, e lho proibimos”.
Jesus, porém, disse-lhe: “Não lho proibais, porque não há ninguém que faça um prodígio em meu nome e em seguida possa falar mal de mim.
Pois quem não é contra nós, é a nosso favor”.
Palavra da Salvação.

 

 

Evangelizar com humildade e confiança

Enquanto batizados sabemos que a nossa missão é seguir testemunhando a Cristo a partir de seus muitos ensinamentos a nós deixados e assim continuarmos a anunciar e tornar vivo o projeto de salvação através do evangelho. Entretanto, talvez por nossa fragilidade humana, nos preocupamos muito como deve e ou como será nosso viver de doação e serviço pelo Reino de Deus. Para que consigamos continuar seguindo os verdadeiros passos de Cristo na fé de oração e ação, precisamos tão somente nos entregar ao chamado para missão, pois partindo disso e cientes de nossa fé em Deus saberemos o que devemos fazer, onde e a quem iremos. Agindo assim, seremos humildes para reconhecer que não somente nós anunciamos, denunciamos e promovemos vida nova a partir do nosso testemunho enquanto servos de Cristo. É necessário por isso, que não nos percamos em nós mesmos, nos alienando imaginando que a missão de anunciar e promover a vida é somente nossa porque já declaramos seguir a Jesus. Não nos esqueçamos nunca disso, pois a oportunidade de vivenciar e anunciar o testemunho cristão muitas vezes independe necessariamente de declararmos ou não como seguidores de Cristo, mas tão somente sentir em nosso íntimo que Ele, Senhor da vida reina tranquilamente também no viver de muitos tantos mesmo não o seguindo já vivem e anunciam seu projeto de salvação, mesmo que sem perceberem que já são conquistados e convidados a acordarem para anunciar e seguir a Jesus Cristo.

Por: Anderson Santos

Oração
Pai, livra-me da atitude fanática e exclusivista de pensar que só quem pertence declaradamente ao círculo de discípulos de Jesus está em condições de fazer o bem.

Aproximai-vos de Deus, e Ele se aproximará de vós.

VII SEMANA DO TEMPO COMUM

Oração do dia

Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Tiago 4,1-10)
Donde vêm as lutas e as contendas entre vós? Não vêm elas de vossas paixões, que combatem em vossos membros? Cobiçais, e não recebeis; sois invejosos e ciumentos, e não conseguis o que desejais; litigais e fazeis guerra. Não obtendes, porque não pedis.
Pedis e não recebeis, porque pedis mal, com o fim de satisfazerdes as vossas paixões.
Adúlteros, não sabeis que o amor do mundo é abominado por Deus? Todo aquele que quer ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.
Ou imaginais que em vão diz a Escritura: “Sois amados até o ciúme pelo espírito que habita em vós?”
Deus, porém, dá uma graça ainda mais abundante. Por isso, ele diz: “Deus resiste aos soberbos, mas dá sua graça aos humildes”.
Sede submissos a Deus. Resisti ao demônio, e ele fugirá para longe de vós.
Aproximai-vos de Deus, e ele se aproximará de vós. Lavai as mãos, pecadores, e purificai os vossos corações, ó homens de dupla atitude.
Reconhecei a vossa miséria, afligi-vos e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto e a vossa alegria em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.
Palavra do Senhor.
Salmo – 54/55
Confia teus cuidados ao Senhor
E ele há de ser o teu sustento!
É por isso que eu digo na angústia:
“Quem me dera ter asas de pomba
e voar para achar um descanso!
Fugiria, então, para longe
e me iria esconder no deserto.

Acharia depressa um refúgio
contra o vento, a procela, o tufão!”
Ó Senhor, confundi as más línguas.

Dispersai-as, porque na cidade
só se vê violência e discórdia!
Dia e noite circundam seus muros.

Lança sobre o Senhor teus cuidados,
porque ele há de ser teu sustento
e jamais ele irá permitir
que o justo para sempre vacile!

 

Evangelho (Marcos 9,30-37)
Aleluia, aleluia, aleluia. 
Minha glória é a cruz do Senhor Cristo Jesus,
pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para este mundo (Gl 6,14).

Tendo partido dali, atravessaram a Galiléia. Não queria, porém, que ninguém o soubesse. E ensinava os seus discípulos: “O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens, e matá-lo-ão; e ressuscitará três dias depois de sua morte”. Mas não entendiam estas palavras; e tinham medo de lho perguntar. Em seguida, voltaram para Cafarnaum. Quando já estava em casa, Jesus perguntou-lhes: “De que faláveis pelo caminho?” Mas eles calaram-se, porque pelo caminho haviam discutido entre si qual deles seria o maior. Sentando-se, chamou os Doze e disse-lhes: “Se alguém quer ser o primeiro, seja o último de todos e o servo de todos”. E tomando um menino, colocou-o no meio deles; abraçou-o e disse-lhes: “Todo o que recebe um destes meninos em meu nome, a mim é que recebe; e todo o que recebe a mim, não me recebe, mas aquele que me enviou”.
Palavra da Salvação.

Aproximai-vos de Deus, e Ele se aproximará de vós.

Passado todo o tempo quaresmal e pascal, fomos agraciados a pouco tempo a acolher em nosso viver o Espírito Santo de Deus para que animados e iluminados por Ele consigamos continuar assumindo nosso compromisso de batizados no anúncio do evangelho. Por isso, por nossa missão, precisamos reconhecer que servimos para o Reino e por sua promoção e não para nosso próprio engrandecimento. Faz-se necessário cada dia mais, nós aproximarmos de Deus e em Jesus e por seu Espírito de vida, reconhecermos que quanto mais evoluímos na missão de anunciar o evangelho mais devemos seguir os exemplos e ensinamentos de Deus em Jesus e em seu Espírito. Assim, apenderemos que quanto mais crescemos na missão, mas devemos nos colocar a serviço, mais devemos nos fazer pequenos, pois no nosso testemunho de vida cristã quem realmente precisa e deve aparecer é Cristo e seu projeto de vida.

Portanto, eis nesse início de continuidade do tempo comum, o ensinamento deixado para nós por Cristo e Tiago: Testemunhamos a Cristo, mas nem por isso somos os melhores e maiores. Por isso, para que consigamos continuar nosso serviço missionário, assumindo nosso compromisso batismal, faz-se necessário sempre aproximarmos de Deus, estarmos em comunhão com Ele e assim Deus sempre se fará presente, vivo e próximo de no viver.

Boa terça-feira para todos(as). Deus continue nos iluminando a querermos Nele ficarmos sempre mais unidos.

Por: Anderson Dias

Oração 
Senhor Jesus, não permitas que eu me lance na busca das grandezas deste mundo. Que eu busque, antes, a grandeza do serviço generoso, e gratuito.

O Espírito do Senhor encheu o universo de vida e renovou nosso viver, nossa fé e nossa missão

 

PENTECOSTES 

Oração do dia

 

Ó Deus, que, pelo mistério da festa de hoje, santificais a vossa Igreja inteira, em todos os povos e nações, derramai por toda a extensão do mundo os dons do Espírito Santo e realizai agora, no coração dos fiéis, as maravilhas que operastes no início da pregação do Evangelho. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 2,1-11)

Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.
De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.
Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles.
Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.
Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu.
Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua.
Profundamente impressionados, manifestavam a sua admiração: “Não são, porventura, galileus todos estes que falam?
Como então todos nós os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna?
Partos, medos, elamitas; os que habitam a Macedônia, a Judéia, a Capadócia, o Ponto, a Ásia,
a Frígia, a Panfília, o Egito e as províncias da Líbia próximas a Cirene; peregrinos romanos,
judeus ou prosélitos, cretenses e árabes; ouvimo-los publicar em nossas línguas as maravilhas de Deus!”
Palavra do Senhor.
Salmo – 103/104
Enviai o vosso Espírito, Senhor,
e da terra toda a face renovai.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande!
Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras!
Encheu-se a terra com as vossas criaturas1

Se tirais o seu respiro, elas perecem
e voltam para o pó de onde vieram.
Enviais o vosso espírito e renascem
e da terra toda a face renovais.

Que a glória do Senhor perdure sempre,
e alegre-se o Senhor em suas obras!
Hoje, seja-lhe agradável o meu canto,
pois o Senhor é a minha grande alegria!

 

 

Leitura (1 Coríntios 12,3-7.12-13)Por isso, eu vos declaro: ninguém, falando sob a ação divina, pode dizer: “Jesus é o Senhor”, senão sob a ação do Espírito Santo.
Há diversidade de dons, mas um só Espírito.
Os ministérios são diversos, mas um só é o Senhor.
Há também diversas operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
A cada um é dada a manifestação do Espírito para proveito comum.
Porque, como o corpo é um todo tendo muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo, assim também é Cristo.
Em um só Espírito fomos batizados todos nós, para formar um só corpo, judeus ou gregos, escravos ou livres; e todos fomos impregnados do mesmo Espírito.
Palavra do Senhor.
Sequência
 Espírito de Deus, enviai dos céus um raio de luz! Vinde, Pai dos pobres, daí aos corações vossos sete dons. Consolo que acalma, hóspede da alma, doce alívio, vinde! No labor descanso, na aflição remanso, no calor aragem. Enchei, luz bendita, chama que crepita, o íntimo de nós! Sem luz que acode, nada o homem pode, nenhum bem há nele. Ao sujo lavai, ao seco regai, curai o doente. Dobrai o que é duro, guiai no escuro, o frio aquecei. Daí à vossa Igreja, que espera e deseja, vossos sete dons. Daí em prêmio ao forte uma santa morte, alegria eterna. Amém.

Evangelho (João 20,19-23)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Vinde, Espírito divino, e enchei com vossos dons os corações dos fiéis; e acendei neles o amor como um fogo abrasador!

Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: “A paz esteja convosco!”
Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor.
Disse-lhes outra vez: “A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós”.
Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: “Recebei o Espírito Santo.
Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos”.
Palavra da Salvação.
O Espírito do Senhor encheu o universo de vida e renovou nosso viver, nossa fé e nossa missão
Hoje e sempre, e desde o nosso primeiro instante de vida que Deus Pai nos enche do Espírito Santo de vida e amor. Espírito Santo de criação repousando sobre as águas, assim como também vendo tornar vivo e belo toda arte de vida de Deus Pai em todo seu plano de salvação. Espírito Santo que enquanto sopro de vida, da terra que nos brotar como semente para crescer ligados a videira de Cristo Jesus e a Deus Pai para assim gerarmos frutos de vida no Espírito enquanto existirmos.
Eis no Espírito Santo de Deus a nossa alegria e força de vida missionária. O Espírito Santo de Deus vivo em nosso existir há muito tempo urge por viver cada dia mais e mais de uma maneira completa e intensa. Não faz parte de nossa missão enquanto seguidores de Cristo, que trancafiemos o Espírito divino de vida vivo em nós. Mesmo que nos achemos demasiadamente fracos para continuar a missão de Cristo, precisamos nos abrir e acolher, isso mesmo, acolher a paz do Espírito Santo de Deus que não nos paralisa, mas nos encoraja, anima e ilumina nossa fé em Jesus Cristo para enfrentarmos a muitas dificuldades que encontraremos ao decidir viver pelo Reino sendo e vivendo a palavra de Deus.
Deixemos agora e sempre que o dom de Pentecostes renove nossa fé, nossa missão; renove a cada dia e instante a alegria de sermos igreja viva em Cristo sem nos acomodarmos diante do ardor missionário evangélico que grita dentro do nós para continuarmos que o Reino de Deus testemunhado por Cristo se faz presente, se faz vivo em Espírito em nosso ser igreja viva em saída, em missão constante pela promoção do Reino.
Divino Espírito Santo: Descei sobre nós e permaneça para sempre.
Bom e santo domingo do Senhor da vida para todos(as) missionários cheios do Espírito Santo de Deus.
Por: Anderson Dias
Oração

Senhor Jesus, que eu seja cada dia revestido pela força do Espírito Santo, que me capacita para exercer, sem descanso, minha tarefa de evangelizador.

Cristo nos amou e nos lavou dos pecados com seu sangue, e fez de nós um reino e sacerdotes para Deus, seu Pai, aleluia! (Ap 1,5s)

VII SEMANA DA PÁSCOA

Oração do dia

Ó Deus, pela glorificação de Cristo e pela iluminação do Espírito Santo, abristes para nós as portas da vida eterna. Fazei que, participando de tão grandes bens, nos tornemos mais dedicados ao vosso serviço e cresçamos constantemente na fé. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 25,13-21)

Alguns dias depois, o rei Agripa e Berenice desceram a Cesaréia para saudar Festo.
Como se demorassem ali muitos dias, Festo expôs ao rei o caso de Paulo: “Félix deixou preso aqui um certo homem. Quando estive em Jerusalém, os sumos sacerdotes e os anciãos dos judeus vieram queixar-se dele comigo pedindo a sua condenação. Respondi-lhes que não era costume dos romanos condenar homem algum, antes de ter confrontado o acusado com os seus acusadores e antes de se lhes dar a liberdade de defender-se dos crimes que lhes são imputados. Compareceram aqui. E eu, sem demora, logo no dia seguinte, dei audiência e ordenei que conduzissem esse homem. Apresentaram-se os seus acusadores, mas não o acusaram de nenhum dos crimes de que eu suspeitava. Eram só desavenças entre eles a respeito da sua religião, e uma discussão a respeito de um tal Jesus, já morto, e que Paulo afirma estar vivo. Vi-me perplexo quanto ao modo de inquirir essas questões e perguntei-lhe se queria ir a Jerusalém e ser ali julgado. Mas, como Paulo apelou para o julgamento do imperador, mandei que fique detido até que o remeta a César”.
Palavra do Senhor.

Salmo – 102/103

O Senhor pôs o seu trono lá nos céus.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
e todo o meu ser, seu santo nome!
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
não te esqueças de nenhum de seus favores!

Quanto os céus por sobre a terra se elevam,
tanto é grande o seu amor aos que o temem;
quanto dista o nascente do poente,
tanto afasta para longe nossos crimes.

O Senhor pôs o seu trono lá nos céus,
e abrange o mundo inteiro seu reinado.
Bendizei ao Senhor Deus, seus anjos todos,
valorosos que cumpris as suas ordens.

 

Evangelho (João 21,15-19)

Aleluia, aleluia, aleluia.
O Espírito Santo, o paráclito, haverá de lembrar-vos de tudo o que tenho falado (Jo 14,26).
Tendo eles comido, Jesus perguntou a Simão Pedro: “Simão, filho de João, amas-me mais do que estes?” Respondeu ele: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”. Disse-lhe Jesus: “Apascenta os meus cordeiros”.
Perguntou-lhe outra vez: “Simão, filho de João, amas-me?” Respondeu-lhe: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”. Disse-lhe Jesus: “Apascenta os meus cordeiros”.
Perguntou-lhe pela terceira vez: “Simão, filho de João, amas-me?” Pedro entristeceu-se porque lhe perguntou pela terceira vez: “Amas-me?”, e respondeu-lhe: “Senhor, sabes tudo, tu sabes que te amo”. Disse-lhe Jesus: “Apascenta as minhas ovelhas.
Em verdade, em verdade te digo: quando eras mais moço, cingias-te e andavas aonde querias. Mas, quando fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá e te levará para onde não queres”.
Por estas palavras, ele indicava o gênero de morte com que havia de glorificar a Deus. E depois de assim ter falado, acrescentou: Segue-me!
Palavra da Salvação.

Amamos verdadeiramente a Cristo Jesus?

Se a resposta para tal questionamento feito a Pedro e constantemente a nós que nos colocamos também como discípulos missionários da propagação do Reino da vida for positiva, ela deve ser completa, consistente e concreta primordialmente pelo viver de nossa fé em Jesus e todo seu testemunho de amor e vida por toda humanidade. Amar a Cristo e a seu projeto de salvação, pressupõe cuidar da preservação do seu Reino, de suas ovelhas, a partir de nosso testemunho diário, assumindo nossa missão de batizados. Por isso, é necessário reconhecermos que para viver esse amor, será preciso exercitar o cuidado com o próximo, para que ele também sinta o amor de Cristo em seu viver e assim também se alegre em compartilhá-lo com outras pessoas.

Que o Espírito Santo de Deus, que a nós será renovado em pentecostes, nos ilumine ainda mais para que consigamos buscar sempre mais reafirmar que Cristo vive hoje e sempre em nossa fé a partir do nosso testemunho amor, e que mesmo que outros tantos insistam no contrário, que a nossa fé persista até as últimas consequências para doar nosso viver ao Reino da vida, assim como Jesus o fez por nós.

Abraços e boa quinta-feira a todos(as), irmãos(as) no amor em Cristo.

Por: Anderson Dias  

Oração
Espírito de oblação faze-me demonstrar meu amor ao Ressuscitado, por meio da entrega total de minha vida ao serviço dos meus irmãos.

Unidos e santificados pela verdade da tua palavra.

VII SEMANA DA PÁSCOA

Oração do dia

Ó Deus misericordioso, concedei que a vossa Igreja, reunida no Espírito Santo, se consagre ao vosso serviço num só coração e numa só alma. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 20,28-38)

Naqueles dias, Paulo disse aos anciãos da Igreja de Éfeso: “Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastorear a Igreja de Deus, que ele adquiriu com o seu próprio sangue.
Sei que depois da minha partida se introduzirão entre vós lobos cruéis, que não pouparão o rebanho.
Mesmo dentre vós surgirão homens que hão de proferir doutrinas perversas, com o intento de arrebatarem após si os discípulos.
Vigiai! Lembrai-vos, portanto, de que por três anos não cessei, noite e dia, de admoestar, com lágrimas, a cada um de vós.
Agora eu vos encomendo a Deus e à palavra da sua graça, àquele que é poderoso para edificar e dar a herança com os santificados.
De ninguém cobicei prata, nem ouro, nem vestes.
Vós mesmos sabeis: estas mãos proveram às minhas necessidades e às dos meus companheiros.
Em tudo vos tenho mostrado que assim, trabalhando, convém acudir os fracos e lembrar-se das palavras do Senhor Jesus, porquanto ele mesmo disse: ‘É maior felicidade dar que receber!’”
A essas palavras, ele se pôs de joelhos a orar. Derramaram-se em lágrimas e lançaram-se ao pescoço de Paulo para abraçá-lo, aflitos, sobretudo pela palavra que tinha dito: Já não vereis a minha face. Em seguida, acompanharam-no até o navio.
Palavra do Senhor.

 

 

Salmo- 67/68

Reinos da terra, cantai ao Senhor.
Suscitai, ó Senhor Deus, suscitai vosso poder,
confirmai este poder que por nós manifestastes
a partir de vosso templo, que está em Jerusalém,
para vós venham os reis e vos ofertem seus presentes!

Reinos da terra, celebrai o nosso Deus, cantai-lhe salmos!
Ele viaja no seu carro sobre os céus dos céus eternos.
Eis que eleva e faz ouvir a sua voz poderosa.

Dai glória a Deus e exaltai o seu poder por sobre as nuvens.
Sobre Israel, eis sua glória e sua grande majestade!
Em seu templo ele é admirável e a seu povo dá poder.
Bendito seja o Senhor Deus, agora e sempre. Amém, amém!

 

Evangelho (João 17,11-19)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Vossa palavra é a verdade; santificai-nos na verdade! (Jo 17,17)
Naquele tempo, Jesus ergue os olhos para o céu e rezou, dizendo “Já não estou no mundo, mas eles estão ainda no mundo; eu, porém, vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me encarregaste de fazer conhecer, a fim de que sejam um como nós.
Enquanto eu estava com eles, eu os guardava em teu nome, que me incumbiste de fazer conhecido. Conservei os que me deste, e nenhum deles se perdeu, exceto o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura.
Mas, agora, vou para junto de ti. Dirijo-te esta oração enquanto estou no mundo para que eles tenham a plenitude da minha alegria. Dei-lhes a tua palavra, mas o mundo os odeia, porque eles não são do mundo, como também eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas sim que os preserves do mal.
Eles não são do mundo, como também eu não sou do mundo.
Santifica-os pela verdade. A tua palavra é a verdade.
Como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.
Santifico-me por eles para que também eles sejam santificados pela verdade”.
Palavra da Salvação.

 Unidos e santificados pela verdade da tua palavra.

Em Cristo fomos santificados pela verdade de seu amor através da tua palavra de vida eterna que nos uniu e cativou para que assim continuássemos todo seu projeto de vida e salvação. Assim, unidos pelo testemunho de vida e fé deixado por Jesus, nos tornamos discípulos missionários de seu Reino e a partir de agora, santificados pela palavra de Deus continuamos reafirmando que Cristo vive em nosso viver. Unidos em Cristo viveremos verdadeiramente nossa fé.

Boa quarta-feira para todos(as).

Por: Anderson Dias dos Santos

Oração
Senhor Jesus, possa eu colocar-me a serviço da unidade, a exemplo daquela que existe entre ti e o Pai.

A vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste

 

VII SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do diaÓ Deus de poder e misericórdia, fazei que o Espírito Santo, vindo habitar em nossos corações, nos torne um templo da sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 20,17-27)

Mas de Mileto mandou a Éfeso chamar os anciãos da igreja.
Quando chegaram, e estando todos reunidos, disse-lhes: “Vós sabeis de que modo sempre me tenho comportado para convosco, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia.
Servi ao Senhor com toda a humildade, com lágrimas e no meio das provações que me sobrevieram pelas ciladas dos judeus.
Vós sabeis como não tenho negligenciado, como não tenho ocultado coisa alguma que vos podia ser útil. Preguei e vos instruí publicamente e dentro de vossas casas.
Preguei aos judeus e aos gentios a conversão a Deus e a fé em nosso Senhor Jesus.
Agora, constrangido pelo Espírito, vou a Jerusalém, ignorando a que ali me espera.
Só sei que, de cidade em cidade, o Espírito Santo me assegura que me esperam em Jerusalém cadeias e perseguições.
Mas nada disso temo, nem faço caso da minha vida, contanto que termine a minha carreira e o ministério da palavra que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho ao Evangelho da graça de Deus.
Sei agora que não tornareis a ver a minha face, todos vós, por entre os quais andei pregando o Reino de Deus.
Portanto, hoje eu protesto diante de vós que sou inocente do sangue de todos,
porque nada omiti no anúncio que vos fiz dos desígnios de Deus”.
Palavra do Senhor.

Salmo – 67/68

Reinos da terra, cantai ao Senhor.
Derramastes lá do alto uma chuva generosa,
e vossa terra, vossa herança, já cansada, renovastes;
e ali vosso rebanho encontrou sua morada;
com carinho preparastes essa terra para o pobre.

Bendito seja Deus, bendito seja cada dia
o Deus da nossa salvação, que carrega os nossos fardos!
Nosso Deus é um Deus que salva, é um Deus libertador;
o Senhor, só o Senhor, nos poderá livrar da morte!

 

Evangelho (João 17,1-11)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Rogarei ao meu Pai e ele há de enviar-vos um outro paráclito, que há de permanecer eternamente convosco (Jo 14,16).

Naquele tempo, Jesus afirmou essas coisas e depois, levantando os olhos ao céu, disse: “Pai, é chegada a hora. Glorifica teu Filho, para que teu Filho glorifique a ti; e para que, pelo poder que lhe conferiste sobre toda criatura, ele dê a vida eterna a todos aqueles que lhe entregaste.
Ora, a vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste.
Eu te glorifiquei na terra. Terminei a obra que me deste para fazer.
Agora, pois, Pai, glorifica-me junto de ti, concedendo-me a glória que tive junto de ti, antes que o mundo fosse criado. Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus e deste-mos e guardaram a tua palavra. Agora eles reconheceram que todas as coisas que me deste procedem de ti.
Porque eu lhes transmiti as palavras que tu me confiaste e eles as receberam e reconheceram verdadeiramente que saí de ti, e creram que tu me enviaste.
Por eles é que eu rogo. Não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu. Neles sou glorificado.
Já não estou no mundo, mas eles estão ainda no mundo; eu, porém, vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me encarregaste de fazer conhecer, a fim de que sejam um como nós”.
Palavra da Salvação.
Evangelizar para vida plena
 Em Jesus nossa existência de fé ganha vida concreta, pois Ele se fez próximo e conosco caminhou para nos salvar e nos ensinar tudo quanto fosse necessário para que também como Ele assumíssemos com toda dedicação e alegria o projeto de vida plena proposto por Deus Pai e por Ele plantado e cultivado em nossos corações. Por isso, por nossa fé em Cristo, faz-se necessário conhecê-lo cada dia mais, relembrando todos os seus ensinamentos, todo seu testemunho de vida e de que Nele e por Ele formos e somos cuidados para viver no amor e na abundância de vida eterna.
Jesus aceitou consciente e firme a ser o cordeiro de Deus Pai em favor de nossas vidas. Ele aceitou nos amar incondicionalmente, pois a Ele Deus nos destes, por isso rogas por toda humanidade por seres de Deus. Assim se fez, cumprida a sua missão Jesus retorna para junto do Pai em sua glória. Não ficaremos nunca sozinhos, pois o Espírito Santo a nós será enviado e nele por Cristo sempre seremos amados, guiados, acolhidos.
Portanto, como Jesus, mestre da vida de nossa fé, e como os seus muitos discípulos que o seguiram antes de nós, assumamos também seu projeto de vida e salvação, sem medos que nos dominam e paralisam, sem reservas, pois sabemos de quem somos, a quem iremos, porque iremos e mesmo que perdamos nossa vida física, em Deus Pai seremos eternamente reconhecidos como bons filhos que seguiram o exemplo de Cristo no doar-se inteiramente para viver a missão de fé pelo Reino que nos identifica, que nos dá vida e gera todo sentido de aqui no mundo estarmos.  Não nos esqueçamos, somos de Deus em Cristo Jesus. Por isso, continuemos firmes na missão de levar e proclamar o evangelho onde for necessário com o nosso testemunho.
Boa terça-feira a todos(as).
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, reforça minha disposição a ser discípulo de teu Filho. Assim, poderei caminhar para ti com a segurança de quem se deixa iluminar pela verdadeira luz.

Não fostes vós que me escolhestes. Fui eu que vos escolhi e vos enviei para produzirdes fruto e o vosso fruto permaneça, aleluia! (Jo 15,16)

SÃO MATIAS APÓSTOLO 

Oração do dia

Ó Deus, que associastes são Matias ao colégio apostólico, concedei, por sua intercessão, que, fruindo da alegria do vosso amor, mereçamos ser contados entre os eleitos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 1,15-17.20-26)

Num daqueles dias, levantou-se Pedro no meio de seus irmãos, na assembléia reunida que constava de umas cento e vinte pessoas, e disse:
“Irmãos, convinha que se cumprisse o que o Espírito Santo predisse na escritura pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam Jesus.
Ele era um dos nossos e teve parte no nosso ministério.
Pois está escrito no livro dos Salmos: ‘Fique deserta a sua habitação, e não haja quem nela habite; e ainda mais: Que outro receba o seu cargo’.
Convém que destes homens que têm estado em nossa companhia todo o tempo em que o Senhor Jesus viveu entre nós, a começar do batismo de João até o dia em que do nosso meio foi arrebatado, um deles se torne conosco testemunha de sua Ressurreição”.
Propuseram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome Justo, e Matias.
E oraram nestes termos: Ó Senhor, que conheces os corações de todos, mostra-nos qual destes dois escolheste para tomar neste ministério e apostolado o lugar de Judas que se transviou, para ir para o seu próprio lugar.
Deitaram sorte e caiu a sorte em Matias, que foi incorporado aos onze apóstolos.
Palavra do Senhor.

Salmo – 112/113

O Senhor fez o indigente assentar-se com os nobres.
Louvai, louvai, ó servos do Senhor,
louvai, louvai o nome do Senhor!
Bendito seja o nome do Senhor,
agora e por toda a eternidade!

Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!
O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus.

Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu tem o seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra?

Levanta da poeira o indigente
e do lixo ele retira o pobrezinho,
para faze-lo assentar-se com os nobres,
assentar-se com os nobres do seu povo.

Evangelho (João 15,9-17)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu vos designei para que vades e deis frutos e o vosso fruto permaneça (Jo 15,16).
Disse Jesus: “Como o Pai me ama, assim também eu vos amo. Perseverai no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, sereis constantes no meu amor, como também eu guardei os mandamentos de meu Pai e persisto no seu amor.
Disse-vos essas coisas para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa.
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.
Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando.
Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.
O que vos mando é que vos ameis uns aos outros”.
Palavra da Salvação.
Felicidade completa em Cristo
O Espírito Santo de felicidade se faz presente em nosso existir a partir de nossa fé em Cristo Jesus. Essa felicidade por sua vez se reafirma por todo infinito amor e muitos ensinamentos que Jesus nos ensinou. Por isso e por todo seu testemunho de fé e cuidado com toda humanidade  Deus Pai em Cristo se alegra em nossa alegria em poder viver e testemunhar também sua fé no projeto de salvação e vida plena.
Portanto, é na alegria de sermos escolhidos e convidados a continuar cuidando, plantando e fazendo frutificar cada dia mais em nosso meio o anúncio do Reino de Deus.
Que nosso testemunho continue sendo exemplo vivo de que o Reino de Deus continuará vivo em através de nossa fé.
Boa e santa semana para todos nós, frutos do Reino da vida.
Por: Anderson Dias

Oração 
Espírito de felicidade, que a certeza da ressurreição me ajude a suportar as dores e os sofrimentos, sem desfalecer.

Deus também é mãe

A vida não se criou sozinha. A existência surgiu do fruto do amor divino de Deus mãe e assim fez-se vivo o planeta azul, com suas terras e sementes. Essas sementes de amor ganharam vida pelo aconchego e calor da mãe terra. Desse calor e do amor cuidado de Deus criação, ganhou vida muitos animais e dentre eles a nossa espécie humana. Entretanto, para que a força da vida continuasse vigorando o homem precisava de uma criatura que lhe ajudasse a gerar, amar, cuidar e criar ainda mais frutos de vida para povoar esse planeta.

Surge então, vida da vida do homem, a figura humana da mulher, que desde a sua essência já carregava em seu ventre, em sua alma a arte grandiosa de ser geradora da vida. Na mulher, como mãe, o mundo ganhou a possibilidade de se viver de uma forma nova e humana muito do amor a nós destinado por Deus Pai/Mãe. Parece, ou melhor, e é na mulher que encontramos uma constância de vida cuidadosamente estruturada a partir da força, da coragem, do amor, do cuidado, do carinho, do zelo, da capacidade de amar verdadeiramente seus frutos de vida independente das dores ou felicidades. Talvez as tantas muitas palavras que tentemos buscar para definir o ser mãe ainda será insuficiente…

Somos ainda hoje agraciados, pois mesmo depois de tanto tempo de existência da espécie animal e humana, ainda vemos na criatura feminina humana o cuidado diferente, próprio do gênero para a continuidade da vida. Em nossas mães, parece muito para todos nós, que o Deus de nossa fé se faz vivo em todo seu viver. Deus se torna mãe e as mães se tornam cada vez mais discípulas do amor e do cuidado assim como Deus. Em Deus fomos gerados no amor, através do amor humano e divino de nossas mães. Não se cria nada sem amor, por isso Deus também é mãe e nossas mães também se fazem Deus para todos nós filhos e filhas.

Obrigado Senhor da vida por seres mãe em nossas mães; por seres mãe em nossa terra geradora de vida; por seres mãe em nossa natureza recheada de muitos frutos. Obrigado Senhor! Obrigado mãe!

Por: Anderson Dias