A vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste

 

VII SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do diaÓ Deus de poder e misericórdia, fazei que o Espírito Santo, vindo habitar em nossos corações, nos torne um templo da sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 20,17-27)

Mas de Mileto mandou a Éfeso chamar os anciãos da igreja.
Quando chegaram, e estando todos reunidos, disse-lhes: “Vós sabeis de que modo sempre me tenho comportado para convosco, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia.
Servi ao Senhor com toda a humildade, com lágrimas e no meio das provações que me sobrevieram pelas ciladas dos judeus.
Vós sabeis como não tenho negligenciado, como não tenho ocultado coisa alguma que vos podia ser útil. Preguei e vos instruí publicamente e dentro de vossas casas.
Preguei aos judeus e aos gentios a conversão a Deus e a fé em nosso Senhor Jesus.
Agora, constrangido pelo Espírito, vou a Jerusalém, ignorando a que ali me espera.
Só sei que, de cidade em cidade, o Espírito Santo me assegura que me esperam em Jerusalém cadeias e perseguições.
Mas nada disso temo, nem faço caso da minha vida, contanto que termine a minha carreira e o ministério da palavra que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho ao Evangelho da graça de Deus.
Sei agora que não tornareis a ver a minha face, todos vós, por entre os quais andei pregando o Reino de Deus.
Portanto, hoje eu protesto diante de vós que sou inocente do sangue de todos,
porque nada omiti no anúncio que vos fiz dos desígnios de Deus”.
Palavra do Senhor.

Salmo – 67/68

Reinos da terra, cantai ao Senhor.
Derramastes lá do alto uma chuva generosa,
e vossa terra, vossa herança, já cansada, renovastes;
e ali vosso rebanho encontrou sua morada;
com carinho preparastes essa terra para o pobre.

Bendito seja Deus, bendito seja cada dia
o Deus da nossa salvação, que carrega os nossos fardos!
Nosso Deus é um Deus que salva, é um Deus libertador;
o Senhor, só o Senhor, nos poderá livrar da morte!

 

Evangelho (João 17,1-11)

Aleluia, aleluia, aleluia.

Rogarei ao meu Pai e ele há de enviar-vos um outro paráclito, que há de permanecer eternamente convosco (Jo 14,16).

Naquele tempo, Jesus afirmou essas coisas e depois, levantando os olhos ao céu, disse: “Pai, é chegada a hora. Glorifica teu Filho, para que teu Filho glorifique a ti; e para que, pelo poder que lhe conferiste sobre toda criatura, ele dê a vida eterna a todos aqueles que lhe entregaste.
Ora, a vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste.
Eu te glorifiquei na terra. Terminei a obra que me deste para fazer.
Agora, pois, Pai, glorifica-me junto de ti, concedendo-me a glória que tive junto de ti, antes que o mundo fosse criado. Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus e deste-mos e guardaram a tua palavra. Agora eles reconheceram que todas as coisas que me deste procedem de ti.
Porque eu lhes transmiti as palavras que tu me confiaste e eles as receberam e reconheceram verdadeiramente que saí de ti, e creram que tu me enviaste.
Por eles é que eu rogo. Não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu. Neles sou glorificado.
Já não estou no mundo, mas eles estão ainda no mundo; eu, porém, vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me encarregaste de fazer conhecer, a fim de que sejam um como nós”.
Palavra da Salvação.
Evangelizar para vida plena
 Em Jesus nossa existência de fé ganha vida concreta, pois Ele se fez próximo e conosco caminhou para nos salvar e nos ensinar tudo quanto fosse necessário para que também como Ele assumíssemos com toda dedicação e alegria o projeto de vida plena proposto por Deus Pai e por Ele plantado e cultivado em nossos corações. Por isso, por nossa fé em Cristo, faz-se necessário conhecê-lo cada dia mais, relembrando todos os seus ensinamentos, todo seu testemunho de vida e de que Nele e por Ele formos e somos cuidados para viver no amor e na abundância de vida eterna.
Jesus aceitou consciente e firme a ser o cordeiro de Deus Pai em favor de nossas vidas. Ele aceitou nos amar incondicionalmente, pois a Ele Deus nos destes, por isso rogas por toda humanidade por seres de Deus. Assim se fez, cumprida a sua missão Jesus retorna para junto do Pai em sua glória. Não ficaremos nunca sozinhos, pois o Espírito Santo a nós será enviado e nele por Cristo sempre seremos amados, guiados, acolhidos.
Portanto, como Jesus, mestre da vida de nossa fé, e como os seus muitos discípulos que o seguiram antes de nós, assumamos também seu projeto de vida e salvação, sem medos que nos dominam e paralisam, sem reservas, pois sabemos de quem somos, a quem iremos, porque iremos e mesmo que perdamos nossa vida física, em Deus Pai seremos eternamente reconhecidos como bons filhos que seguiram o exemplo de Cristo no doar-se inteiramente para viver a missão de fé pelo Reino que nos identifica, que nos dá vida e gera todo sentido de aqui no mundo estarmos.  Não nos esqueçamos, somos de Deus em Cristo Jesus. Por isso, continuemos firmes na missão de levar e proclamar o evangelho onde for necessário com o nosso testemunho.
Boa terça-feira a todos(as).
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, reforça minha disposição a ser discípulo de teu Filho. Assim, poderei caminhar para ti com a segurança de quem se deixa iluminar pela verdadeira luz.

Não fostes vós que me escolhestes. Fui eu que vos escolhi e vos enviei para produzirdes fruto e o vosso fruto permaneça, aleluia! (Jo 15,16)

SÃO MATIAS APÓSTOLO 

Oração do dia

Ó Deus, que associastes são Matias ao colégio apostólico, concedei, por sua intercessão, que, fruindo da alegria do vosso amor, mereçamos ser contados entre os eleitos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 1,15-17.20-26)

Num daqueles dias, levantou-se Pedro no meio de seus irmãos, na assembléia reunida que constava de umas cento e vinte pessoas, e disse:
“Irmãos, convinha que se cumprisse o que o Espírito Santo predisse na escritura pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam Jesus.
Ele era um dos nossos e teve parte no nosso ministério.
Pois está escrito no livro dos Salmos: ‘Fique deserta a sua habitação, e não haja quem nela habite; e ainda mais: Que outro receba o seu cargo’.
Convém que destes homens que têm estado em nossa companhia todo o tempo em que o Senhor Jesus viveu entre nós, a começar do batismo de João até o dia em que do nosso meio foi arrebatado, um deles se torne conosco testemunha de sua Ressurreição”.
Propuseram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome Justo, e Matias.
E oraram nestes termos: Ó Senhor, que conheces os corações de todos, mostra-nos qual destes dois escolheste para tomar neste ministério e apostolado o lugar de Judas que se transviou, para ir para o seu próprio lugar.
Deitaram sorte e caiu a sorte em Matias, que foi incorporado aos onze apóstolos.
Palavra do Senhor.

Salmo – 112/113

O Senhor fez o indigente assentar-se com os nobres.
Louvai, louvai, ó servos do Senhor,
louvai, louvai o nome do Senhor!
Bendito seja o nome do Senhor,
agora e por toda a eternidade!

Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!
O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus.

Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu tem o seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra?

Levanta da poeira o indigente
e do lixo ele retira o pobrezinho,
para faze-lo assentar-se com os nobres,
assentar-se com os nobres do seu povo.

Evangelho (João 15,9-17)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu vos designei para que vades e deis frutos e o vosso fruto permaneça (Jo 15,16).
Disse Jesus: “Como o Pai me ama, assim também eu vos amo. Perseverai no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, sereis constantes no meu amor, como também eu guardei os mandamentos de meu Pai e persisto no seu amor.
Disse-vos essas coisas para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa.
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.
Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando.
Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.
O que vos mando é que vos ameis uns aos outros”.
Palavra da Salvação.
Felicidade completa em Cristo
O Espírito Santo de felicidade se faz presente em nosso existir a partir de nossa fé em Cristo Jesus. Essa felicidade por sua vez se reafirma por todo infinito amor e muitos ensinamentos que Jesus nos ensinou. Por isso e por todo seu testemunho de fé e cuidado com toda humanidade  Deus Pai em Cristo se alegra em nossa alegria em poder viver e testemunhar também sua fé no projeto de salvação e vida plena.
Portanto, é na alegria de sermos escolhidos e convidados a continuar cuidando, plantando e fazendo frutificar cada dia mais em nosso meio o anúncio do Reino de Deus.
Que nosso testemunho continue sendo exemplo vivo de que o Reino de Deus continuará vivo em através de nossa fé.
Boa e santa semana para todos nós, frutos do Reino da vida.
Por: Anderson Dias

Oração 
Espírito de felicidade, que a certeza da ressurreição me ajude a suportar as dores e os sofrimentos, sem desfalecer.

Deus também é mãe

A vida não se criou sozinha. A existência surgiu do fruto do amor divino de Deus mãe e assim fez-se vivo o planeta azul, com suas terras e sementes. Essas sementes de amor ganharam vida pelo aconchego e calor da mãe terra. Desse calor e do amor cuidado de Deus criação, ganhou vida muitos animais e dentre eles a nossa espécie humana. Entretanto, para que a força da vida continuasse vigorando o homem precisava de uma criatura que lhe ajudasse a gerar, amar, cuidar e criar ainda mais frutos de vida para povoar esse planeta.

Surge então, vida da vida do homem, a figura humana da mulher, que desde a sua essência já carregava em seu ventre, em sua alma a arte grandiosa de ser geradora da vida. Na mulher, como mãe, o mundo ganhou a possibilidade de se viver de uma forma nova e humana muito do amor a nós destinado por Deus Pai/Mãe. Parece, ou melhor, e é na mulher que encontramos uma constância de vida cuidadosamente estruturada a partir da força, da coragem, do amor, do cuidado, do carinho, do zelo, da capacidade de amar verdadeiramente seus frutos de vida independente das dores ou felicidades. Talvez as tantas muitas palavras que tentemos buscar para definir o ser mãe ainda será insuficiente…

Somos ainda hoje agraciados, pois mesmo depois de tanto tempo de existência da espécie animal e humana, ainda vemos na criatura feminina humana o cuidado diferente, próprio do gênero para a continuidade da vida. Em nossas mães, parece muito para todos nós, que o Deus de nossa fé se faz vivo em todo seu viver. Deus se torna mãe e as mães se tornam cada vez mais discípulas do amor e do cuidado assim como Deus. Em Deus fomos gerados no amor, através do amor humano e divino de nossas mães. Não se cria nada sem amor, por isso Deus também é mãe e nossas mães também se fazem Deus para todos nós filhos e filhas.

Obrigado Senhor da vida por seres mãe em nossas mães; por seres mãe em nossa terra geradora de vida; por seres mãe em nossa natureza recheada de muitos frutos. Obrigado Senhor! Obrigado mãe!

Por: Anderson Dias

Ide ao mundo, ensinai aos povos todos; convosco estarei, todos os dias, até o fim dos tempos, diz Jesus (Mt 28,19s).

 

ASCENSÃO DO SENHOR 

 

Oração do diaÓ Deus todo-poderoso, a ascensão do vosso filho, já é nossa vitória. Fazei-nos exultar de alegria e fervorosa ação de graças, pois, membros de seu corpo, somos chamados na esperança a participar da sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 1,1-11)Em minha primeira narração, ó Teófilo, contei toda a seqüência das ações e dos ensinamentos de Jesus,
desde o princípio até o dia em que, depois de ter dado pelo Espírito Santo suas instruções aos apóstolos que escolhera, foi arrebatado (ao céu).
E a eles se manifestou vivo depois de sua Paixão, com muitas provas, aparecendo-lhes durante quarenta dias e falando das coisas do Reino de Deus.
E comendo com eles, ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem o cumprimento da promessa de seu Pai, “que ouvistes”, disse ele, “da minha boca;
porque João batizou na água, mas vós sereis batizados no Espírito Santo daqui há poucos dias”.
Assim reunidos, eles o interrogavam: “Senhor, é porventura agora que ides instaurar o reino de Israel?”
Respondeu-lhes ele: “Não vos pertence a vós saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou em seu poder,
mas descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até os confins do mundo”.
Dizendo isso elevou-se da (terra) à vista deles e uma nuvem o ocultou aos seus olhos.
Enquanto o acompanhavam com seus olhares, vendo-o afastar-se para o céu, eis que lhes apareceram dois homens vestidos de branco, que lhes disseram:
“Homens da Galiléia, por que ficais aí a olhar para o céu? Esse Jesus que acaba de vos ser arrebatado para o céu voltará do mesmo modo que o vistes subir para o céu”.
Palavra do Senhor.
Salmo  – 46/47
Por entre aclamações, Deus se elevou,
o Senhor subiu ao toque da trombeta!


Povos todos do universo, batei palmas,
gritai a Deus aclamações de alegria!
Porque sublime é o Senhor, o Deus altíssimo,
o soberano que domina toda a terra.Por entre aclamações, Deus se elevou,
o Senhor subiu ao toque da trombeta.
Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa,
salmodiai, ao som da harpa, ao nosso rei!Porque Deus é o grande rei de toda a terra,
ao som da harpa acompanhai os seus louvores!
Deus reina sobre todas as nações,
está sentado no seu trono glorioso. 

 

 

Leitura (Efésios 1,17-23)Irmãos, “rogo ao Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê um espírito de sabedoria que vos revele o conhecimento dele;
que ilumine os olhos do vosso coração, para que compreendais a que esperança fostes chamados, quão rica e gloriosa é a herança que ele reserva aos santos,
e qual a suprema grandeza de seu poder para conosco, que abraçamos a fé. É o mesmo poder extraordinário que
ele manifestou na pessoa de Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o sentar à sua direita no céu,
acima de todo principado, potestade, virtude, dominação e de todo nome que possa haver neste mundo como no futuro.
E sujeitou a seus pés todas as coisas, e o constituiu chefe supremo da Igreja,
que é o seu corpo, o receptáculo daquele que enche todas as coisas sob todos os aspectos.
Palavra do Senhor.

Evangelho (Marcos 16,15-20)

E disse-lhes Jesus: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.
Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.
Estes milagres acompanharão os que crerem: expulsarão os demônios em meu nome, falarão novas línguas,
manusearão serpentes e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão as mãos aos enfermos e eles ficarão curados”.
Depois que o Senhor Jesus lhes falou, foi levado ao céu e está sentado à direita de Deus.
Os discípulos partiram e pregaram por toda parte. O Senhor cooperava com eles e confirmava a sua palavra com os milagres que a acompanhavam.
Palavra da Salvação.
Viver e comunicar a todos o Evangelho
Com sua ascensão, Jesus é assunto ao Céu depois de ter cumprido sua missão e muito ter nos ensinado a viver a fé que move e dar sentido a nossa existência. Jesus sabia que diante da fraqueza natural humana de seus discípulos, eles ainda, mesmo depois de sua paixão, morte e ressurreição, precisariam de muitos ensinamentos para entenderem qual verdadeiramente seria a missão que lhes caberia na continuidade da vida do Reino. Jesus deu aos discípulos e a nós hoje, a sua paz, nos incentivou a aumentar a nossa fé não meramente por nossos olhos físicos, mas pelos olhos da fé em seu testemunho de vida e amor ao projeto de Deus Pai que nos move; Nos relembrou que Ele é o bom pastor, que ama, cuida, ensina e que por isso nós o conhecemos, nós o seguimos; Nos reafirmou que nosso viver, enquanto ramos, depende de estarmos sempre intimamente ligados a Ele como videira e ao Pai como agricultor da vida no amor; Por fim, Jesus ensinou a eles e a nós, que é era necessário guardar a Palavra de Deus, comunicando e levando a Deus Pai e seu plano de salvação assim como Ele o fez; E que não precisaríamos desanimar, pois pela nossa fé em seu viver, nós nunca estaríamos sozinhos para continuar a missão do Reino e que mesmo ascendendo ao céu Ele nos enviaria e enviou, o paráclito, o espírito de vida plena, o nosso guia e defensor.
Agora, faz-se necessário que a subida de Jesus ao céu amplie nosso horizonte de fé, que não percamos tempo de vida missionária fixando nossos olhos para o alto do céu. Já sabemos como viver nossa fé, mesmo que a cada dia precisamos ir ressuscitando a mesma a partir de nosso testemunho de assumirmos nossa missão de ir pregar, comunicar e viver o Evangelho para todo o mundo. Ampliemos,  pois nossos horizontes de fé em Cristo Jesus, reafirmando sim, que cremos em todo seu viver e que pelo nosso batismo assumiremos o seu projeto de vida e salvação, que também se torna e é nosso, de viver e comunicar a todos(as) o Evangelho.
Assim, enquanto testemunhas vivas, ontem, hoje e sempre de Cristo, Rei da vida, seremos fortes em palavras, ações, seremos imbuídos do amor que gera misericórdia, perdão, cuidado e seremos animados no Espírito Santo de vida, nosso farol que nos motiva hoje e sempre à coragem e a graça de vivermos a exemplo de Cristo, indo anunciar para todos quantos precisarem o Evangelho de Deus vivo guardado em nosso ser.
Saíamos, pois discípulos(as) missionários e continuemos a tornar vivo e presente o Evangelho em nosso mundo.
Bom e santo domingo a todos(as).
Por: Anderson Dias

Oração
Senhor Jesus, contemplando tua ascensão para junto do Pai, assumo a tarefa de levar, ao mundo inteiro e a toda criatura, a mensagem do teu Evangelho.

Tempo de graça, compromisso e missão

 

VI SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do dia

Ó Deus, inspirai aos nossos corações a prática das boas obras para que, buscando sempre o que é melhor, vivamos constantemente o mistério pascal. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 18,23-28)

Paulo se demorou aí apenas por algum tempo, partiu de novo e atravessou sucessivamente as regiões da Galácia e da Frígia, fortalecendo todos os discípulos.
Entrementes, um judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloqüente e muito versado nas Escrituras, chegou a Éfeso.
Era instruído no caminho do Senhor, falava com fervor de espírito e ensinava com precisão a respeito de Jesus, embora conhecesse somente o batismo de João.
Começou, pois, a falar na sinagoga com desassombro. Como Priscila e Áquila o ouvissem, levaram-no consigo, e expuseram-lhe mais profundamente o caminho do Senhor.
Como ele quisesse ir à Acaia, os irmãos animaram-no e escreveram aos discípulos que o recebessem bem. A sua presença (em Corinto) foi, pela graça de Deus, de muito proveito para os que haviam crido, pois com grande veemência refutava publicamente os judeus, provando, pelas Escrituras, que Jesus era o Messias.
Palavra do Senhor.

Salmo – 46/47

O Senhor é o grande rei de toda a terra.

Povos todos do universo, batei palmas,
gritai a Deus aclamações de alegria!
Porque sublime é o Senhor, o Deus altíssimo,
o soberano que domina toda a terra.
Porque Deus é o grande rei de toda a terra,
ao som da harpa acompanhai os seus louvores!
Deus reina sobre todas as nações,
está sentado no seu trono glorioso.

Os chefes das nações se reuniram
com o povo do Deus santo de Abraão,
pois só Deus é realmente o Altíssimo,
e os poderosos desta terra lhe pertencem!

 

Evangelho (João 16,23-28)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Saí do Pai e vim ao mundo, eu deixo o mundo e vou ao Pai (Jo 16,28).
 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Naquele dia não me perguntareis mais coisa alguma. Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará.
Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita.
Disse-vos essas coisas em termos figurados e obscuros. Vem a hora em que já não vos falarei por meio de comparações e parábolas, mas vos falarei abertamente a respeito do Pai.
Naquele dia pedireis em meu nome, e já não digo que rogarei ao Pai por vós.
Pois o mesmo Pai vos ama, porque vós me amastes e crestes que saí de Deus.
Saí do Pai e vim ao mundo. Agora deixo o mundo e volto para junto do Pai”.
Palavra da Salvação.

Tempo de graça, compromisso e missão

O tempo em nosso mundo, com seus mais infinitos mistérios e força, nos fez conhecer, amar e seguir a pessoa de Jesus, o divino homem, Filho de Deus e nosso irmão, que por seu amor e testemunho de vida em palavras e ações, assumiu o compromisso missionário de anunciar o Reino da vida para consolidar em nosso existência humana para todo sempre, a esperança de que o plano da salvação Nele aconteceria. Assim se fez, em Jesus vimos por nossa fé, as escrituras sagradas serem concretizadas, tornarem vivas em nosso meio social, ultrapassando as esferas e forças do tempo que muitas vezes pressupõe perca ou esquecimento de tantos acontecimentos.

É tempo de muita graça que agora e sempre vivemos em Jesus Cristo. Ele por sua vez, vindo do Pai, realiza sua missão e agora, depois de nos ter deixado o testemunho e exemplo de como assumirmos o cuidado para com a herança do Reino da vida plena, retorna para junto do Pai. Como humanos e quase sempre muito carentes de amor cuidado, amor vida, nos sentimos um pouco tristes por imaginar talvez nosso viver missionário e social sem mais a presença física de Jesus; Entretanto, em Jesus,  aprendemos sempre ouvindo e vendo suas ações através da escrituras dos evangelistas e depois de seus discípulos, nossos antecessores, que mesmo voltando ao Pai, Jesus nunca nos deixaria sozinhos e desemparados no serviço missionário de viver pelo Reino em favor da promoção da vida, como Ele o fez.

Por isso, nessa certeza de vida e de fé, reafirmamos o nosso sim missionário,  o nosso compromisso para com a vida e para com a continuidade do anúncio da Palavra de Deus e da construção do seu Reino de amor e misericórdia. Nos alegremos e juntos continuemos nossa missão de evangelizadores transmitindo a Deus em nosso testemunho de vida.

Abraços e bom sábado para todos(as).

Por: Anderson Dias 

Oração

Pai, dá-me um coração que saiba reconhecer e agradecer tudo quanto teu Filho fez para salvar a humanidade pecadora. E que seja ele o meu eterno intercessor junto de ti.

“Não temas! Fala e não te cales”.

VI SEMANA DA PÁSCOA

Oração do dia

Ó Deus, fazei que a pregação do Evangelho por toda a terra realize o que prometestes ao glorificar o vosso Verbo, para que possamos alcançar, vivendo plenamente como filhos e filhas, o que foi anunciado pela vossa palavra. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

Leitura (Atos 18,9-18)

Numa noite, o Senhor disse a Paulo em visão: “Não temas! Fala e não te cales.
Porque eu estou contigo. Ninguém se aproximará de ti para te fazer mal, pois tenho um numeroso povo nesta cidade”.
Paulo deteve-se ali um ano e seis meses, ensinando a eles a palavra de Deus.
Sendo Galião procônsul da Acaia, levantaram-se os judeus de comum acordo contra Paulo e levaram-no ao tribunal e disseram:
Este homem persuade os ouvintes a (adotar) um culto contrário à lei.
Paulo ia falar, mas Galião disse aos judeus: “Se fosse, na realidade, uma injustiça ou verdadeiro crime, seria razoável que vos atendesse.
Mas se são questões de doutrina, de nomes e da vossa lei, isso é lá convosco. Não quero ser juiz dessas coisas”.
E mandou-o sair do tribunal.
Então todos pegaram em Sóstenes, chefe da sinagoga, e o espancaram diante do tribunal, sem que Galião fizesse caso algum disso.
Paulo permaneceu ali (em Corinto) ainda algum tempo. Depois se despediu dos irmãos e navegou para a Síria e com ele Priscila e Áquila. Antes, porém, cortara o cabelo em Cêncris, porque terminara um voto.
Palavra do Senhor.

 

 

Salmo – 46/47

O Senhor é o grande rei de toda a terra.
Povos todos do universo, batei palmas,
gritai a Deus aclamações de alegria!
Porque sublime é o Senhor, o Deus altíssimo,
o soberano que domina toda a terra.

Os povos sujeitou ao nosso jugo
e colocou muitas nações aos nossos pés.
Foi ele que escolheu a nossa herança,
a glória de Jacó, seu bem-amado.

Por entre aclamações Deus se elevou,
o Senhor subiu ao toque da trombeta.
Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa,
salmodiai, ao som da harpa, ao nosso rei!

 

Evangelho (João 16,20-23)Aleluia, aleluia, aleluia.
Era preciso que Cristo sofresse e ressuscitasse dos mortos para entrar em sua glória (Lc 24,46.26).
Disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo: haveis de lamentar e chorar, mas o mundo se há de alegrar. E haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza se há de transformar em alegria.
Quando a mulher está para dar à luz, sofre porque veio a sua hora. Mas, depois que deu à luz a criança, já não se lembra da aflição, por causa da alegria que sente de haver nascido um homem no mundo.
Assim também vós: sem dúvida, agora estais tristes, mas hei de ver-vos outra vez, e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria.
Naquele dia não me perguntareis mais coisa alguma. Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará”.
Palavra da Salvação.

“Não temas! Fala e não te cales”.

Seguir a vida testemunhando a Cristo Jesus nos mostrará muitos contratempos  que nos deixará tristes e desanimados. Entretanto, em Cristo nossa fé sempre ganhará mais força e alegria, pois Ele sempre caminhará conosco para nos animar a não nos calar diante do mundo para expandir o anúncio do Evangelho da vida. A alegria de termos Cristo vivendo em nosso existir se revigora cada dia mais que nosso testemunho se aprofunda na certeza de que nossa vida só terá verdadeiro sentido se continuar os passos e testemunho de Jesus anunciando seu Reino de vida e amor.

Boa sexta-feira a todos(as). Nos alegremos hoje e sempre reafirmemos nossa fé sem calar nossa voz e nosso testemunho prático decadadia.

Oração
Senhor Jesus, não permitas que a tristeza tome conta do meu coração. Antes, que a certeza de tua Ressurreição me faça viver na esperança.

  Testemunhar ao mundo que Jesus é o Messias

 

VI SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do diaÓ Deus, que fizestes o vosso povo participar da vossa redenção, concedei que nos alegremos constantemente com a ressurreição do Senhor. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

 

Leitura (Atos 18,1-8)

Depois disso, saindo de Atenas, Paulo dirigiu-se a Corinto.
Encontrou ali um judeu chamado Áquila, natural do Ponto, e sua mulher Priscila. Eles pouco antes haviam chegado da Itália, por Cláudio ter decretado que todos os judeus saíssem de Roma. Paulo uniu-se a eles.
Como exercessem o mesmo ofício, morava e trabalhava com eles. (Eram fabricantes de tendas.)
Todos os sábados ele falava na sinagoga e procurava convencer os judeus e os gregos.
Quando Silas e Timóteo chegaram da Macedônia, Paulo dedicou-se inteiramente à pregação da palavra, dando aos judeus testemunho de que Jesus era o Messias.
Mas como esses contradissessem e o injuriassem, ele, sacudindo as vestes, disse-lhes: “O vosso sangue caia sobre a vossa cabeça! Tenho as mãos inocentes. Desde agora vou para o meio dos gentios”.
Saindo dali, entrou em casa de um prosélito, chamado Tício Justo, cuja casa era contígua à sinagoga.
Entretanto Crispo, o chefe da sinagoga, acreditou no Senhor com todos os da sua casa. Sabendo disso, muitos dos coríntios, ouvintes de Paulo, acreditaram e foram batizados.
Palavra do Senhor.
Salmo – 97/98
O Senhor fez conhecer seu poder salvador
perante as nações.

Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo
alcançaram-lhe a vitória.

O Senhor fez conhecer a salvação
e, às nações, sua justiça;
recordou o seu amor sempre fiel
pela casa de Israel.

Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.
Aclamai o Senhor Deus, ó terá inteira,
alegrai-vos e exultai!

 

 

 

Evangelho (João 16,16-20)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu não vos deixarei órfãos: eu irei, mas voltarei, e o vosso coração muito há de se alegrar (Jo 14,18).
Jesus disse: “Ainda um pouco de tempo, e já me não vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver, porque vou para junto do Pai”.
Nisso alguns dos seus discípulos perguntavam uns aos outros: “Que é isso que ele nos diz: ‘Ainda um pouco de tempo, e não me vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver?’ E que significa também: ‘Eu vou para o Pai?’”
Diziam então: “Que significa este pouco de tempo de que fala? Não sabemos o que ele quer dizer”.
Jesus notou que lho queriam perguntar e disse-lhes: “Perguntais uns aos outros acerca do que eu disse: ‘Ainda um pouco de tempo, e não me vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver’.
20 Em verdade, em verdade vos digo: haveis de lamentar e chorar, mas o mundo se há de alegrar. E haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza se há de transformar em alegria”.
Palavra da Salvação.
Testemunhar ao mundo que Jesus é o Messias
Mesmo em meio a muitas e muitas dúvidas acerca dos mistérios da presença de Cristo Jesus em nosso viver, precisamos aproveitar todo tempo possível para com Ele aprendermos ainda mais a missão de espalhar e expandir o anúncio do Reino de Deus. Sabemos que Jesus logo retornará ao Pai, para reafirmar todos os planos da nossa salvação. Entretanto, mesmo que um pouco desanimados, sem mais sua presença física, Ele continua a nos revigorar com a certeza de que seu Espírito Santo de vida, amor e cuidado será a continuidade de sua presença em nossa existência, daí Ele nos dizer que mesmo voltando ao Pai, nós, seus discípulos, logo o veremos e teremos a graça de com Ele(em Espírito), continuar o anúncio do Reino da vida.
Por isso, e por todo amor a nós doado, não percamos mais tempo algum e ou oportunidade nenhuma de assim como Paulo anunciar com o nosso testemunho diário de que Jesus Cristo é sim o Messias vindo do Pai, nosso irmão e salvador.
Boa quinta-feira para todos nós testemunhos do Cristo vivo.
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, que o meu testemunho de vida cristã seja tal, que as pessoas possam “ver” Jesus nas minhas palavras e nos meus gestos de amor ao próximo.

Em Deus é que temos vida

VI SEMANA DA PÁSCOA

Oração do diaÓ Deus, ao celebrarmos solenemente a ressurreição do vosso filho, concedei que nos alegremos com todos os santos quando ele vier na sua glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 17,15.22-18,1)

Os que conduziam Paulo levaram-no até Atenas. De lá voltaram e transmitiram para Silas e Timóteo a ordem de que fossem ter com ele o mais cedo possível.
Paulo, em pé no meio do Areópago, disse: “Homens de Atenas, em tudo vos vejo muitíssimo religiosos.
Percorrendo a cidade e considerando os monumentos do vosso culto, encontrei também um altar com esta inscrição: ‘A um Deus desconhecido’. O que adorais sem o conhecer, eu vo-lo anuncio!
O Deus, que fez o mundo e tudo o que nele há, é o Senhor do céu e da terra, e não habita em templos feitos por mãos humanas.
Nem é servido por mãos de homens, como se necessitasse de alguma coisa, porque é ele quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas.
Ele fez nascer de um só homem todo o gênero humano, para que habitasse sobre toda a face da terra. Fixou aos povos os tempos e os limites da sua habitação.
Tudo isso para que procurem a Deus e se esforcem por encontrá-lo como que às apalpadelas, pois na verdade ele não está longe de cada um de nós.
Porque é nele que temos a vida, o movimento e o ser, como até alguns dos vossos poetas disseram: Nós somos também de sua raça…
Se, pois, somos da raça de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro, à prata ou à pedra lavrada por arte e gênio dos homens.
Deus, porém, não levando em conta os tempos da ignorância, convida agora a todos os homens de todos os lugares a se arrependerem.
Porquanto fixou o dia em que há de julgar o mundo com justiça, pelo ministério de um homem que para isso destinou. Para todos deu como garantia disso o fato de tê-lo ressuscitado dentre os mortos”.
Quando o ouviram falar de ressurreição dos mortos, uns zombavam e outros diziam: “A respeito disso te ouviremos outra vez”.
Assim saiu Paulo do meio deles.
Todavia, alguns homens aderiram a ele e creram: entre eles, Dionísio, o areopagita, e uma mulher chamada Dâmaris; e com eles ainda outros.
Depois disso, saindo de Atenas, Paulo dirigiu-se a Corinto.
Palavra do Senhor.
Salmo – 148
Da vossa glória estão cheios o céu e a terra.

Louvai o Senhor Deus nos altos céus,
louvai-o no excelso firmamento!
Louvai-o, anjos seus, todos louvai-o,
louvai-o, legiões celestiais!

Reis da terra, povos todos, bendizei-o,
e vós, príncipes e todos os juízes;
e vós, jovens, e vós moças e rapazes,
anciãos e criancinhas, bendizei-o!

Louvem o nome do Senhor, louvem-no todos,
porque somente o seu nome é excelso!
A majestade e esplendor de sua glória
ultrapassam em grandeza o céu e a terra.

Ele exaltou seu povo eleito em poderio,
ele é o motivo de louvor para os seus santos.
é um hino para os filhos de Israel,
este povo que ele ama e lhe pertence.

Evangelho (João 16,12-15)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Rogarei ao meu Pai e ele há de enviar-vos um outro paráclito, que há de permanecer eternamente convosco (Jo 14,16).

Assim falou Jesus: “Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora.
Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão.
Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará.
Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso, disse: Há de receber do que é meu, e vo-lo anunciará”.
Palavra da Salvação.

Em Deus temos vida
A partir da vinda, vivência e permanência de Cristo em nosso meio, a esperança de vida plena nunca se acaba. Passamos muitas dificuldades e sofrimentos que muitas vezes provocam enfraquecimento de nossa fé. Entretanto, como seguidores de Jesus Cristo, vencedor da morte, somos também chamados constantemente com Ele a doar nosso viver para temos cada dia mais e mais vida, e vida com sentido.
Em Espírito de esperança Jesus continua a caminhar conosco, nos incentivando a anunciar o Deus de nossa fé, o Deus que move nossa vida, pois ainda hoje muitos ainda não o conhecem. Continuemos nossa vida missionária tal qual como Jesus e Paulo, que mesmo diante de muitas adversidades se propõe a levar para todo o mundo o conhecimento da existência do Deus de vida plena que vive em todos nós.
Boa quarta-feira a todos(as). Viver e evangelizar sempre.
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, que o Espírito me ensine toda a verdade e me revele as coisas que hão de vir, para que eu possa enveredar, com toda segurança, pelo caminho que é Jesus.

Motivados pelo Espírito da vida nova

VI SEMANA DA PÁSCOA 

Oração do diaÓ Deus, que o vosso povo sempre exulte pela sua renovação espiritual. alegrando-nos hoje porque adotados de novo como filhos de Deus, esperemos confiantes e alegres o dia da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 16,22-34)

O povo insurgiu-se contra eles. Os magistrados mandaram arrancar-lhes as vestes para açoitá-los com varas.
Depois de lhes terem feito muitas chagas, meteram-nos na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança.
Este, conforme a ordem recebida, meteu-os na prisão inferior e prendeu-lhes os pés ao cepo.
Pela meia-noite, Paulo e Silas rezavam e cantavam um hino a Deus, e os prisioneiros os escutavam.
Subitamente, sentiu-se um terremoto tão grande que se abalaram até os fundamentos do cárcere. Abriram-se logo todas as portas e soltaram-se as algemas de todos.
Acordou o carcereiro e, vendo abertas as portas do cárcere, supôs que os presos haviam fugido. Tirou da espada e queria matar-se.
Mas Paulo bradou em alta voz: “Não te faças nenhum mal, pois estamos todos aqui”.
Então o carcereiro pediu luz, entrou e lançou-se trêmulo aos pés de Paulo e Silas.
Depois os conduziu para fora e perguntou-lhes: “Senhores, que devo fazer para me salvar?”
Disseram-lhe: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família”.
Anunciaram-lhe a palavra de Deus, a ele e a todos os que estavam em sua casa.
Então, naquela mesma hora da noite, ele cuidou deles e lavou-lhes as chagas. Imediatamente foi batizado, ele e toda a sua família.
Em seguida, ele os fez subir para sua casa, pôs-lhes a mesa e alegrou-se com toda a sua casa por haver crido em Deus.
Palavra do Senhor.
Salmo – 137/138
Ó Senhor, me estendeis o vosso braço e me ajudais.

Ó Senhor, de coração eu vos dou graças,
porque ouvistes as palavras dos meus lábios1
Perante os vossos anjos vou cantar-vos
e ante o vosso templo vou prostrar-me.

Eu agradeço vosso amor, vossa verdade,
porque fizestes muito mais que prometestes;
naquele dia em que gritei, vós me escutastes
e aumentastes o vigor da minha alma.

Estendereis o vosso braço em meu auxílio
e havereis de me salvar com vossa destra.
Completai em mim a obra começada;
ó Senhor, vossa bondade é para sempre!
eu vos peço: não deixeis inacabada
esta obra que fizeram vossas mãos.

Evangelho (João 16,5-11)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eu hei de enviar-vos o Espírito da verdade; ele vos conduzirá a toda a verdade (Jo 16,7.13).
Disse Jesus: “Agora vou para aquele que me enviou, e ninguém de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’
Mas porque vos falei assim, a tristeza encheu o vosso coração.
Entretanto, digo-vos a verdade: convém a vós que eu vá! Porque, se eu não for, o Paráclito não virá a vós; mas se eu for, vo-lo enviarei.
E, quando ele vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça e do juízo.
Convencerá o mundo a respeito do pecado, que consiste em não crer em mim.
Ele o convencerá a respeito da justiça, porque eu me vou para junto do meu Pai e vós já não me vereis;
ele o convencerá a respeito do juízo, que consiste em que o príncipe deste mundo já está julgado e condenado”.
Palavra da Salvação.
Motivados pelo Espírito da vida nova
É chegado já bem próximo um novo tempo. Um tempo de vivermos a graça da ressurreição não mais buscando sentir a luzes de vida nova advindas do túmulo vazio. É chegado a hora de nos prepararmos ainda mais para reafirmar nossa fé em Cristo Jesus e em seu plano de salvação. Para isso, precisamos reconhecer que devemos assumir nossa missão de testemunhas e continuadores do projeto de vida plena começado por Jesus. Ele por sua vez, se prepara para retornar em glória ao Pai, mas em Espírito de vida concreta continuará a nos guiar, a ser nosso defensor. Por isso, sejamos mais firmes na fé, pois para continuarmos nossa missão não precisamos querer ver Cristo em carne e osso para dizer que cremos, pois por vê-lo aos olhos da nossa fé, seguiremos sim sua proposta de vida.
Portanto, deixemos que o Espírito Santo de Deus nos ilumine na justiça, no amor, na fraternidade, na confiança e na misericórdia para não rejeitarmos Jesus. Busquemos assumir verdadeiramente nossa missão de vida em Cristo e nos lancemos no colo acolhedor do Espírito de vida e de dons que nos motivará a fortalecer e amadurecer nossa fé para que entendamos mais e mais o real sentido do processo salvífico de vida, morte e ressurreição que Jesus nos deixou para bem vivermos nossa fé aqui e agora.
Boa terça-feira missionários do ressuscitado.
Por: Anderson Dias
Oração
Pai, concede-me o Espírito que me dá forças para enfrentar e vencer o mundo, e manter-me fiel a teu Filho Jesus.

Deixemos o Senhor da vida iluminar e abrir os caminhos de nossos corações

 

VI SEMANA DA PÁSCOA

 

Oração do diaConcedei, ó Deus, que vejamos frutificar em toda a nossa vida as graças do mistério pascal, que instruístes na vossa misericórdia. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Atos 16,11-15)Embarcamos em Trôade e fomos diretamente à Samotrácia e no outro dia a Neápolis; e dali a Filipos, que é a cidade principal daquele distrito da Macedônia, uma colônia (romana). Nesta cidade nos detivemos por alguns dias. No sábado, saímos fora da porta para junto do rio, onde pensávamos haver lugar de oração. Aí nos assentamos e falávamos às mulheres que se haviam reunido.
Uma mulher, chamada Lídia, da cidade dos tiatirenos, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava. O Senhor abriu-lhe o coração, para atender às coisas que Paulo dizia.
Foi batizada juntamente com a sua família e fez-nos este pedido: Se julgais que tenho fé no Senhor, entrai em minha casa e ficai comigo. E obrigou-nos a isso.
Palavra do Senhor.
Salmo – 149
O Senhor ama seu povo de verdade.

Cantai ao Senhor Deus um canto novo
e o seu louvor na assembléia dos fiéis!
Alegre-se Israel em que o fez,
e Sião se rejubile no seu rei!Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!
Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.Exultem os fiéis por sua glória
e, cantando, se alevantem de seus leitos
com louvores do Senhor em sua boca.
Eis a glória para todos os seus santos.

 

 

Evangelho (João 15,26-16,4)

Aleluia, aleluia, aleluia.
O Espírito Santo, a verdade, dará testemunho de mim; depois, também vós, neste mundo, de mim ireis testemunhar (Jo 15,26s).
Disse Jesus: “Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim.
Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio
Disse-vos essas coisas para vos preservar de alguma queda.
Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que todo aquele que vos tirar a vida julgará prestar culto a Deus.
Procederão deste modo porque não conheceram o Pai, nem a mim.
Disse-vos, porém, essas palavras para que, quando chegar a hora, vos” lembreis de que vo-lo anunciei.
Palavra da Salvação.
Deixemos o Senhor da vida iluminar e abrir os caminhos de nossos corações
Seguir e testemunhar a Cristo e seu Reino de amor pressupõe fé redobrada constantemente, e isso quem nos alerta a viver,  é justamente Jesus Cristo. Obedecendo aos pedidos e os planos de evangelização vividos pelo Messias, saberemos cada dia melhor promover o Reino sem nos vangloriar ao mesmo provocar escândalos. O Mestre da evangelização já nos ensinou, ensina e caminha conosco, pois nos alertava na figura dos discípulos, nosso antecessores na missão, que muitos obstáculos e perseguições encontraremos para anunciar o evangelho. Mesmo assim, não tenhamos medo de anunciar a Cristo pois o Espírito Santo será nosso guia, nosso motivador para que nunca nos esqueçamos de voltar a beber da fonte de nossos ensinamentos e de nossa fé em todo testemunho vivido por Jesus. Assumamos a nossa missão de discípulos do Reino sempre relembrando de Cristo e de que por Ele somos chamados, escolhidos e enviados para missão. Por isso, deixemos hoje e sempre o Senhor da vida iluminar e abrir os caminhos de nossos corações com o cuidado e misericórdia do seu Santo Espírito.
Deus nos abençoe e sigamos juntos em mais uma semana de missão.
Por: Anderson Dias 
Oração
Espírito de firmeza, nos momentos de provação, vem em meu socorro, para que eu não sucumba à tentação de apartar-me de meu Mestre e Senhor.